Archives For March 2010

“Not Myself Tonight” é o aguardado primeiro single do retorno de Aguilera, de volta a sua era Dirrty, porém, com um toque futurístico. Ao contrário da decepcionante “Keeps Getting Better”, Christina acerta em seu novo single, embora fique bem  atrás de suas outras produções (principalmente da incrível Dirrty, de 2001), mas o que não deve afastar a música das pistas de dança.

Para aqueles que achavam que Christina iria aposentar seus famosos gritos, se enganou, e embora deva agradar aos fãs, e aqueles que curtem seu estilo sem maiores problemas, talvez leve um pouco mais de tempo (e festas) para cair definitamente no gosto geral. Mas definitivamente, bem longe de ser o clássico aguardado durante quatro anos para quem acompanha a carreira da moça.

“Not Myself Tonight” aparecerá em seu novo álbum Bionic, que sai dia 8 de Junho.

Comentem após o jump, e corram antes que o link seja retirado.

Continue Reading…

Nicki Minaj vem sendo bombardeada por sua gravadora (a Young Money, de Lil Wayne) como a grande próxima artista de hip-hop, e fez inclusive uma participação especial no single do Usher, assim como uma outra garota famosa ano passado… De qualquer forma, acaba de vazar o primeiro single do debut album da moça e sinceramente, não vi nada de tão extraordinário assim. Como postado anteriormente, temos artistas no momento bem melhores pra fazer esse papel, agora não se espante se você ver essa música subindo nos charts desesperadamente.

Primeiro, Nicki deve receber uma quantia considerável de Lil Wayne pra produzir seu álbum e marketear sua campanha. “Massive Atack” conta com Sean Garret (responsável por hits como Yeah (Usher), Goodies (Ciara) e Check On It (Beyoncé) ) e possui uma batida bem diferente da que estamos acostumados, o que pode grudar com o tempo ou não. De qualquer forma, só a primeira frase da música já vale: “It’s Barbie, b—-“, e logo em seguida solta o batidão, completamente impossível de se compreender de início. A cara dos americanos, mas sinceramente, um guilty pleasure para se ouvir quando precisar se animar para uma festa.

Baixem enquanto Lil Wayne não me manda uma ameaça por email.

EDIT: Estou completamente viciado na música depois de 10 replays. Você não ouviu nada igual nesse ano ainda.

Continue Reading…

Quem foi que falou que não ia lançar nenhum single pro álbum novo?? Aham, MGMT, a gente ainda acredita que “Flash Delirium”, uma das músicas mais legais da carreira da banda, não é o primeiro single de “Congratulations”, que sai mês que vem, mas todo mundo, ou quase, já ouviu.

O clipe é completamente insano, e deve ajudar aqueles que não tiverem paciência pra ouvir a música 10 vezes até achá-la completamente genial. Vamos fazer um tratado de paz e concordar que a música é muito boa!

Assistam ao clipe após o jump.

Continue Reading…

Quando entrei no site da Kellee Maize, após descobrir que seu CD pode ser baixado gratuitamente (ao troco de um email), fiquei em dúvida entre duas coisas apenas: qual música eu escolheria pra mostrar aqui no blog, e qual foto escolheria pra mostrar que menina é essa. Kellee Maize, assim como vários atos pop do ano passado, está apenas no burburinho ainda, embora já possua um CD completo, mas não se espante se a menina virar a Ke$ha de 2011.

Escolhi uma foto que representasse duas coisas, pop e loucura. Sua música é doida, maluca, uma Kid Sister mais atual, sem as letras sem sal da Ke$ha. “Start None” é um trance com um rap ao fundo, trazendo várias referencias ao mundo pop, com um refrão que gruda. Talvez não seja a melhor dela ainda, porque na verdade só ouvi quatro músicas , mas que me fizeram correr aqui o mais rápido possível pra postar essa descoberta.

Baixem após o jump, “Start None”, “Mothership” e “Something Sacred”.

Continue Reading…

Depois de um hiatus de três anos, Sia está de volta, e dessa vez, mais agitada. Abraçando de vez a onda “new rave”, esqueça as baladas à-la “Breathe Me”. O que temos aqui são canções animadas, prontas pra pista de dança, com guitarras e tudo.

“Clap Your Hands”, o primeiro single, é legal, mas nada de extraordinário. Com um refrão chiclete e versos repetitivos, a música vale a pena desde que você não vá esperando muita coisa. O legal mesmo é que saiu mais outras cinco músicas do próxim0 álbum da moça, e temos algumas que realmente brilham entre elas, “Bring Night” (que poderia ser um interlúdio psycho-maníaco da badalada trilha sonora de “Twilight”, por divertida e levemente sombria) e a famosa “You’ve Changed” (buzz single, com um clipe abaixo bem legal, que deveria ser o primeiro single na minha opinião!).

Clipe, músicas e downloads após o jump.

Continue Reading…

Já acompanho a carreira da banda a um bom tempo já, mas não tem uma hora melhor pra apresntá-la a vocês do que agora. Com “KIds” do MGMT já esfriada (e inclusive um novo CD dos caras chegando – que inclusive não está agradando muitos), misturando as batidas da música com os versos do cara, basta ouvir “The Opposite of Adults” de novo pra resgatar todas aquelas boas memórias de 1990 2008! A letra é inocente e bem legal, e é basicamente o relato de Chiddy quando era criança. O clipe é divertido também, e está logo abaixo.

Já as outras músicas de Chiddy seguem o mesmo estilo. Pegam um sample de alguma música adorada pela galerinha indie e botam versos de rap no meio. Alguns artistas já trabalhados por eles além do MGMT incluem Radiohead, Gorillaz, Ellie Goulding, Passion Pit, Sufjan Stevens, Yelle, dentre outros.

Ouçam abaixo também minhas “personal favourites”.

Continue Reading…

Depois de muita especulação, eis o novo single do LCD Soundsystem.

Ao contrário das músicas do CD anterior, a maioria com mais de 5 minutos, e nem um pouco imediatas, “Drunk Girls” chega com tudo pra conquistar os mais impacientes, e é claro, a pista de danças. É simplesmente divertida.

Com 130 bpm, pianos de fundo, um coro mega agitado de “DRUNK GIRLS, DRUNK BOYS!!!” e uma pitada bem pop, você será conquistado de imediato, desde que não seja um fã xiita da banda que odiaria ver o seu amigo menos alternativo ouvindo sua banda predileta.

Quem diria que uma das bandas mais queridas dos indies invadiria de vez a pista de dança? Nada contra!

Ouça a música após o jump.

Continue Reading…