Archives For October 2010

Bem vindo a nossa primeira Mixtape do ano, a de Halloween! Tudo bem que aqui no Brasil nem comemoramos direito, mas festas a fantasia sempre rolam, sem contar que é um bom motivo para relembrarmos algumas músicas mais sombrias, e aproveitarmos para entrar no clima. Começando com Lady Gaga, passando por Crystal Castles, Animal Collective e SALEM, temos de tudo nessa aqui, até algumas música que deixei de fora do blog e outras favoritas do ano passado. Independente do que você irá fazer na noite de amanhã, a playlist está agradável até mesmo para ouvir de besteira. Baixe a mixtape e confira a tracklisting logo abaixo.

Ouça e Baixe tudo AQUI →

Um pouco mais atrasado do que de costume, mas aqui está nosso, ahem… “Friday” Mixes da semana. Se tudo der certo, posto ainda mais tarde uma mixtape bem básica de Halloween. Vamos ver essa aqui primeiro…

.

Kanye West – Heartless vs. LoveGame (Feat. Lady Gaga)

PARA OUVIR: SE ANIMANDO PARA SAIR

Mash-up básico do DJ Hero 2, nada feito para as pistas, e cheio dos efeitinhos do jogo, como por exemplo as pessoas gritando no fundo e as conhecidas paradinhas de DJ para quem já jogou o game. De qualquer forma, diversão pura de se ouvir com os fones de ouvido em casa, principalmente se você já imaginou alguma vez o Kanye West cantando “Heartless” sobre a batida de “LoveGame”, da Gaga.

♫ Kanye West – Heartless vs. LoveGame (Feat. Lady Gaga)

.

The Limousines – Internet Killed The Video Star (Tommie Sunshine Reverser Remix)

PARA OUVIR: TOMANDO BANHO.

Vocês conheceram essa incrível banda aqui, e desde Agosto venho procurando por um remix decente pro The Limousines, até que essa semana, os caras mesmos twitaram um para a minha faixa favorita. De longe o melhor remix que já ouvi deles, a ótima “Internet Killed The Video Star” ganha palmas, samples de “heys!” e toda uma vibe colegial, ideal para quem quiser ir disco dancing ou estiver cansado de rock’n’roll.

♫ The Limousines – Internet Killed The Video Star (Tommie Sunshine Reverser Remix)

.

Marina & The Diamonds – Oh No! (Grum Remix)

PARA OUVIR: SE ARRUMANDO

Não me pergunte como consegui ficar algumas semanas sem postar um remix da Marina (e nem do Miike Snow!), mas pelo menos não temos aqui mais um de “I Am Not A Robot”. “Oh No!”, a faixa mais pop do disco, ganha um tratamento especial do Grum, que adiciona um ar disco-music sendo tocado em uma pista de dança misteriosa, mas que ainda assim mantém todo o chame da original.

♫ Marina & The Diamonds – Oh No! (Grum Remix)

.

Mark Ronson – Somebody To Love Me (Hervé Remix)

O próximo single do novo disco do Mark Ronson é minha absoluta favorita “Somebody To Love Me”, com vocais do Andrew White do Miike Snow. Hervé adiciona aqui batidas tribais e percussão, e mantém a linha e o espírito leve da original, tornando o remix uma ótima opcão para as pistas.

PARA OUVIR: BEBENDO

♫ Mark Ronson – Somebody To Love Me (Hervé Remix)

.

Robyn – Konichiwa Bitches (Ianizer & Lemethy Remix)

PARA OUVIR: NO CARRO COM OS AMIGOS

A original tinha o que mesmo, dois minutos? Esquece. Nesse remix, a energética e engraçadinha “Konichiwa Bitches” vira um monstro feito para as pistas, e com uma Robyn furiosa nos versos, a música ganha novas batidas durante seu “refrão”, esticando a música em deliciosos 5 minutos que vão te fazer esquecer da versão original.

♫ Robyn – Konichiwa Bitches (Ianizer & Lemethy Remix)

.

Deadmau5 vs. Cut Copy – Ghosts on Fire (BetatraXx Remix)

PARA OUVIR: NA PISTA

Sem muitas surpresas, Cut Copy se mistura com a conhecida “Ghosts n Stuff” do Deadmou5, mas mantém basicamente toda sua estrutura mas com algumas batidas a mais. As músicas se complementam de tal forma que parecem ter nascido juntas, e isso é um elogio, afinal, “Heart’s On Fire” é uma das mais belas da banda.

♫ Deadmau5 vs. Cut Copy – Ghosts on Fire (BetatraXx Remix)

.

Vampire Weekend – White Sky (Cecile Remix)


PARA OUVIR: FAZENDO SEXO

“White Sky”, do Vampire Weekend, é recriada do zero aqui, onde Cecile (e quem for que ela seja), tranforma a música em uma jornada viajante de sete minutos, passando por um começo sombrio e atmosférico, a outro tropical com batidas tribais, e até um finale mais dançante com sintetizadores. Um doce remix repleto de suavidade e originalidade.

♫ Vampire Weekend – White Sky (Cecile Remix)

.

The Gay Blades – Try To Understand (Dmerit Remix)

PARA OUVIR: NA VOLTA VENDO O SOL NASCER

Uma das músicas mais tocadas aqui no blog, a energética “Try To Understand” do Gay Blades, diminui o ritmo nesse remix aqui, mas ao mesmo tempo injeta uma linha de pista de dança. Enquanto a princípio a brincadeira pode soar como uma versão piorada da original, recomendo ouví-la quando não tiver com pique para toda a adrenalina da outra.

♫ The Gay Blades – Try To Understand (Dmerit Remix)

.

♫ [D/L] Friday Mixes VII

Acaba de sair uma nova faixa do novo álbum do Kid Cudi, o Man On The Moon II, que sai agora em Novembro. Desde que vi a tracklist do álbum, já queria ouvir a música com o Cee-Lo, e para minha surpresa foi justamente ela que saiu hoje. A canção  é bem direta ao ponto, com Cudi mandando nos versos e Cee-Lo no refrão. A colaboração é legal e soa bem, além de ser uma ótima jogada pro rapper uma parceria com um dos nomes mais hypados do momento, mas a música em si  mas não chega a ser empolgante como a ótima “Mr. Rager” que postei aqui, além de não lembrar nenhuma coisa que o cara já tenha feito. Mas isso não é problema pro Cudi, certo? Mesmo com um gostinho de decepção, aguardo o resto do álbum para bem próximo.

♫ KiD CuDi – Scott Mescudi Vs. The World (Feat. Cee-Lo Green)

[Via]

Apresento a vocês o The Knocks, um duo que acabei deixando escapar. Os caras fazem uma mistura de dance e pop, misturados a melodias pegajosas e uma produção retrô, na maioria das vezes lembrando a disco music. E o novíssimo single do grupo, “Dancing With The DJ”, não foge da regra. Com os vocais de Julia Tepper no comando do refrão, a caras fazem aqui uma canção pop destinada para as pistas de dança daquele sábado à noite, mas a produção é tão suave que nada impede da música ser ouvida também no domingo de manhã. É aquela típica canção “feel good”, de bem com a vida e descompromissada, e em conjunto a uma produção que lembra os primórdios do Daft Punk, você não terá motivos para não mexer os pés ao ritmo desse fantástico single. E o melhor, o duo está distribuindo ele de graça em seu MySpace junto com uma b-side, a “Thinking About You”, então corre lá e já coloque as duas na sua playlist do fim de semana! E aguarde o álbum do duo, para algum dia em 2011.

The Knocks – Dancing With The DJ

Como reportei ontem pelo Twitter, o novo disco do Matt & Kim, Sidewalks, acaba de vazar, e assim como os primeiros reviews falavam, nem precisei procurar a faixa que mais queria ouvir: “Block After Block”, a primeira do disco. A música é o suposto novo single e logo depois de ouví-la, fica bem óbvio o porquê. Com um refrão viciante e bem menos chiclete que o do single anterior, a faixa é bem agitada, com batidas de marchinhas, sintetizadores e um sample com um “Yeaaaah!” tão old-school que vai te fazer querer colocar uma roupa anos 80 e sair andando pela rua. As coisas ainda ficam mais caóticas depois do break, mas não se engane, pode ter muito acontecendo por aqui, mas toda a sensibilidade indie característica do grupo ainda está intacta.  O casal está, mais uma vez, de volta à sua velha forma. E se perdeu o primeiro single, “Cameras”, corre aqui pra ouvir!

♫ Matt & Kim – Block After Block

Depois do sucesso estrondoso do Merriweather Post Pavillion, um dos melhores da década passada, Avey Tare, uma das cabeças por trás do Animal Collective, resolve ir solo pela primeira vez. A história vocês já conhecem, e depois do primeiro single “Lucky 1”, cheguei a ficar até um pouco desanimado a ouvir o disco, o Down There. Maior erro. Embora nenhuma delas tenha aquela produção mirada pra estratosfera do álbum anterior, e nem sejam instantâneas, as músicas desse disco vão crescendo devagar, tanto em suas melodias quanto na cabeça dos ouvintes.

Falando em estratosfera, em “Oliver Twist”, Avey já começa gritanto “Rocket!”, e o que se sucede é uma canção com poucas batidas e um vocal cavernoso, enlameado, com sons de água pingando. A música começa de forma bizarra e desordenada, mas vai ganhando corpo e melodias (e um refrão maravilhoso em seu último minuto), que no final, com palmas e uma percussão a mais, parece soar como a trilha sonora perfeita para um baile de dança de fantasmas num pântano. Se ela tem uma coisa em comum com as músicas anteriores da banda, é sua originalidade e capacidade de te prender depois de algumas vezes. Assim, o que no princípio parecia ser apenas um b-side do Animal Collective, com paciência, se torna uma brilhante canção de pop experimental, que só poderia ter saído da mente do líder de um dos melhores grupos da atualidade.

♫ Avey Tare – Oliver Twist

Conheça Perfume Genius, nome artístico do cantor e compositor Mike Hadreas, de Seattle. Assim como a foto nua e crua acima, suas músicas são canções melancólicas compostas de sua voz e de seu piano apenas, mas o que pode parecer simples demais, é compensado pela complexidade de suas letras e pela imersão que essas acabam causando. Como a gravação do seu disco, o Learning, foi toda feita em sua casa, o ar lo-fi permeia todas as suas composições, e é seu primeiro single, “Mr. Peterson”, que mais brilha e leva vantagem nesse quesito.

Cantando sobre a relação com um homem mais velho, o jovem protagonista de 16 anos detalha seu amor reprimido, em uma pequena historinha que vai desde o primeiro momento em que fumou com o cara, até o seu final chocante onde o homem entrega ao protagonista uma fita cassete do Joy Division e se joga de um prédio. Tudo sob um vocal sombrio e uma produção crua como citei acima, mas que juntos criam um resultado nada menos que belo. A segunda música que queria destacar é “Look Out Look Out”. Dramática e de uma sensibilidade sem igual, a música, assim como anterior, é simples e eficaz, e com um piano e resquícios de uma orquestra, ela consegue soar como uma versão não finalizada de um clássico que poderia ter sido gravado pelo The National, e é uma canção que posso ver claramente sendo tocada nos momentos mais dramáticos de uma próxima temporada de Skins. Fiquem com as duas músicas abaixo, e ouçam o Learning por completo clicando aqui ou após o jump, se curtirem.

♫ Perfume Genius – Mr. Peterson

♫ Perfume Genius – Look Out, Look Out

Ouça Aqui o Álbum Completo!! →