Cults – Go Outside / Most Wanted

Luis Felipe —  27/10/2010 — 3 Comments

Não se deixe enganar pelo vocal quase infantil quando você começar a ouvir “Go Outside”, do Cults. Na verdade, a primeira coisa que irá ouvir, se prestar bem atenção, é uma fala de Jim Jones (líder de uma organização que levou 900 pessoas ao suicídio na década de 70). O quote é bem assim:

“Para mim, morte não é algo a se temer. A vida é que é traiçoeira”

E o que se segue após essa fala pouco pesada, são sons de xilofones, um baixo apaixonante, palmas, e um vocal tão infantil que parece ser inocente até demais para sair de uma banda que se preocupou com um início tão sinistro. A canção, na verdade, fala do sentimento de querer se levantar da cama para ver o sol, mas estar com preguiça de sair dela, e sua melodia é tão ensolarada que nos passa a sensação de estarmos em pleno verão fazendo mergulho em uma praia deserta. Batidas lo-fi que parecem ter sido feitas com tambores e pirulitos usados de baqueta só adicionam um clima a mais de sobriedade, mas que no final das contas termina com uma fala quase tão intensa quanto a do começo.

The Cults

Capa de "Most Wanted"

O lado B do single, que a propósito está sendo distribuído de graça aqui, é “Most Wanted”. A música não tem o impacto nem uma melodia tão grudenta quanto a primeira, mas consegue ser relaxada e até dançante ao mesmo tempo. Quando falo dançante aqui, pense em algo mais suave, quase para dançar junto, mas mexendo lentamente apenas a parte de cima do corpo, num clima tão tranquilo que soa como se as Pipettes tivessem tirado férias para o Havaí e resolvido compor canções de verão. Se você como eu ainda não conhecia essa banda, fique de olho agora, pois com um debut previsto para 2011 e dois selos de “Best New Music” do Pitchfork, o grupo parece ter muito chão ainda pela frente.

♫ Cults – Go Outside

♫ Cults – Most Wanted


Fatal error: Uncaught Exception: 12: REST API is deprecated for versions v2.1 and higher (12) thrown in /home/volia174/public_html/ohmyrock.net/wp-content/plugins/seo-facebook-comments/facebook/base_facebook.php on line 1273