Electric Guest – Mondo EP

Luis Felipe —  25/10/2011 — 20 Comentários

Produtores consagrados podem ajudar a definir o som de uma nova banda ao mesmo tempo que conseguem mudar sua essência por completo. Felizmente, no caso do Electric Guest, ambos os lados saíram vencedores. Com um disco, Radical Miracle, já no forno para ser lançado, o duo de Los Angeles teve ninguém menos que o Danger Mouse (Gorillaz, Gnarls Barkley, U2, Broken Bells) para produzir todas as suas faixas, inclusive as do seu magnífico EP de estreia, Mondo. O duo é formado pelo vocalista Asa Taccone e por Mathew Compton, e apesar da produção pelo Danger Mouse, as canções soam como obras que flertam tanto com o rock quanto o lado mais pegajoso do pop, com elementos do rock psicodélico, sintetizadores vintages, guitarras, baixos e refrões de sobra.

A primeira faixa do EP é a maravilhosa “Awake”. A mais agitada do disco, a canção é acompanhada por uma linha de baixo firme e dividida em três partes. Na primeira, com versos e refrões, ela nos apresenta Asa dividindo o refrão com harmonias vocais que soam como um coral de igreja formado por garotas indie, com um clima grudento mas detalhado, que nos lembram as melhores do Broken Bells e mais recentemente do AM & Shawn Lee. E justo quando achamos que a canção ficará na sua estrutura fixa, graças à ignição de um solo de sintetizadores, ela logo se transforma em uma eufórico passeio pela soul music com os mesmos belos vocais cantando um novo refrão, para no final, a base de palminhas, violões e batidas mezzo-R&B, nos trazer ainda um terceiro refrão, que termina nos cinco minutos como um menáge irresistível entre o pop, o rock e o psicodélico.

Electric Guest – Awake

A segunda, e melhor do disco, é a sedutora “Troubleman”, de nove minutos. Mas não desista pela duração. É apertar o play para que uma das melodias mais bonitas e uma das letras mais poéticas do ano infectarem seu cérebro, graças a arranjos meticulosamente programados como órgãos de igreja, violões, guitarras e inúmeros detalhes que só aparecem com audições repetidas. O adorável refrão aparece sempre que pode, mas um solo de guitarra em sua metade dá o tom para o segundo ato da canção, que inesperadamente, soa como uma música totalmente diferente, onde o título da faixa é finalmente revelado. Com baterias, backing vocals, harmonias vocais e a mesma produção espetacular do Danger Mouse, a segunda metade eleva a faixa de uma viagem esotérica e cansativa que poderia acabar soando para um pop de conteúdo que, por que não, poderia muito bem ser tocada nas rádios. No final, para surpresa, as cordas são amarradas e o refrão da primeira parte retorna, fechando seus nove minutos com mais um solo de guitarra, numa faixa que nos obriga a senti-la e experencia-la.

Electric Guest – Troublemen

A última e mais curta faixa do disco, “American Dream”, mostra banda em seu momento mais pop, com um refrão que parece estar sendo cantado em coro e vocais abafados que nos fazem lembrar de um MGMT mais maduro, fechando o EP com chave de ouro.

Electric Guest – American Dream

A banda é uma das maiores promessas para 2012, e já abriram para o Foster The People e causaram certo tumulto no festival CMJ que rolou em Nova Iorque na última semana. A banda finalmente assinou um contrato peso-pesado com a Downtown Records, que irá lançar seu disco, Radical Miracle, no ano que vem, precedido por um novo single e clipe oficial.

20 respostas para Electric Guest – Mondo EP

  1. Esta última faixa é quase um trip-hop: essa base de baixo e o vocal abafadinho kindof Massive Attack.

    Diria eu que é o MGMT arriscando um trip-hop

  2. Vc possui a letra de “Troubleman”?
    Procurei e não achei…

    Se puder postar ou me mandar, agradeço! =)

    []‘s

  3. joseph august 06/01/2012 at 12:59

    aonde eu baixo esse trem? Bom demais

  4. Puts, queria muito esse EP. Manda pra mim, Luis?

  5. Poutz!!!! Gostei, hein? Estou aqui ouvindo This Head I Hold e tipo OMFG \o/
    Esse EP não existe mais?? :/ Terei que usar minha arte ninja e retirar do soundcloud.
    Obrigado xD

  6. você pode me enviar também?
    tá muito difícil de encontrar pra download!

  7. você pode me enviar também?

  8. Leonardo Marchetti 02/02/2012 at 17:14

    Já deve estar cansado de enviar, mas é que eu não achei em lugar nenhum pra baixar tb! :-)
    Pode me mandar? :-)

  9. Faço minhas as palavras do Leonardo!
    Ficaria muito grato ;’)

  10. Pode me enviar também??? Tá difícil demais de achar.
    Obrigada.

  11. Bárbaro o trabalho deles!

Deixe seu comentário