Friday Mixes – Vol. #49

Luis Felipe —  21/09/2012 — 1 Comment

Mais um final de semana, mais um Friday Mixes para te acompanhar nos próximos dias! A seguir, trouxemos mais uma vez os melhores remixes que pintaram nas últimas semanas, seguidos por uma mixtape irresistível com todos os oitos mixados, cortesia do nosso DJ Amplis. Aperte o play e aumente o som que o final de semana acaba de começar!

 

MIXTAPE: Friday Mixes 49 #REMIXED

.

The Killers – Runaways (Michel Remix)

Bônus da edição limitada da Target, esse remix de “Runaways”, primeiro single do Battle Born, novo álbum do The Killers, transforma a música de glam-rock para synth-pop, mantendo a estrutura da original intacta mas adicionando novos sintetizadores que, apesar de não fugir muito da original, explodem junto com o grandioso refrão e fazem da música um bom tanto mais dançante – tudo sem cair no campo do house ou da música eletrônica.

The Killers – Runaways (Michel Remix)

.

Two Door Cinema Club – Sleep Alone (BeatauCue Remix)

Dono do melhor remix até então de “Sleep Alone”, novo single do Two Door Cinema Club, o BeatauCue alia sintetizadores e batidas electro a um criativo remix, que mantém tudo dançante e seguro até chegar ao refrão, que usa samples e recortes do vocais para criar uma experiência completamente nova e inusitada.

Two Door Cinema Club – Sleep Alone (BeatauCue Remix)

.

The Knocks – The Feeling (TheFatRat Remix)

O novo single do The Knocks, “The Feeling”, por si só já é um monstro devastador de pistas de dança. Alie a estrutura dançante da canção e seu refrãozinho grudento às batidas electro-psíquicas do TheFatRat que a coisa consegue ficar ainda melhor. Eufórico e explosivo como praticamente todos os seus remixes, esse aqui é pra jogar no máximo e se acabar de dançar.

The Knocks – The Feeling (TheFatRat Remix)

.

Ellie Goulding – Anything Could Happen (Blood Diamonds Remix)

O Blood Orange faz um pop experimental que remete diretamente aos anos 80 (visto o novo single da Sky Ferreira produzido por ele), e nesse remix de “Anything Could Happen”, novo single da Ellie Goulding, ele mantém sua sonoridade padrão ao adicionar batidas R&B e pianos frenéticos no refrão, culminando em uma produção criativa e mais diversificada que a original, que, apesar de não ser totalmente dançante, certamente merece seu lugar para revezá-la junto à versão original.

Ellie Goulding – Anything Could Happen (Blood Diamonds Remix)

.

Azealia Banks – Fuck Up the Fun (Slaptop Remix)

“Fuck Up the Fun”, produção do Diplo pra Azealia Banks, é um hip-hop frenético, repleto de batuques acelerados que soa como a música perfeita de Azealia para ser trilha do nosso próximo carnaval. No remix do Slaptop, a bateria frenética ainda é mantida, mas de fundo, é adicionado uma batida deep-house que muda as coisas ligeiramente, o suficiente para torná-la mais dançante e perfeita para se ouvir nas pistas de dança.

Azealia Banks – Fuck Up the Fun (Slaptop Remix)

.

Scissor Sisters – Lets Have A Kiki (Pipes Remix)

Gosta da versão original de “Let’s Have A Kiki”, do Scissor Sisters? Aparentemente, o Pipes também. O produtor, não contente em adicionar uma batida deep-house e novos sintetizadores à versão original, basicamente deixou de fora todos os vocais da original para criar seu próprio rap e consequentemente sua própria versão da música, mantendo alguns samples do refrão original e só. Apesar de soar inusitado para os fãs da música, é difícil não gostar da versão do Pipes, seja pela sua animação ou originalidade.

Scissor Sisters – Lets Have A Kiki (Pipes Remix)

.

The xx – Sunset (Ianborg Remix)

Acostumado a fazer remixes dubstep, o Ianborg está de volta às nossas páginas com um remix tipicamente house. A canção é “Sunset”, uma das melhores do Coexist, novo disco do The xx (que inclusive estamos sorteando, participe!), que aqui esquece da produção minimalista do Jamie XX a favor de batidas dançantes que seguem uniformes até o terceiro minuto, quando o produtor decide recortar os vocais de  Romy Madley Croft para formar um inusitado desfecho.

The xx – Sunset (Ianborg Remix)

 .

Icona Pop – Manners (Elof Remix)

Esqueça de “Manners”, do Icona Pop, e de sua estrutura pop e convencional. Em um remix surpreendente e completamente original, Elof recria praticamente cada segunda da música, usando vocais picotados para formar novos refrão e criar novas melodias, tudo sob uma produção pop-step que lembra diretamente artistas como AlunaGeorge e Purity Ring.

Icona Pop – Manners (Elof Remix)

.

[PACOTE COMPLETO] ♫ Friday Mixes #49 (D/L: Botão direito, Salvar como…)

A mixagem dessa edição foi feita pelo DJ Amplis, residente das festas Rifferama (rock dançante) e Discothèque (dance music), ambas no dDuck Club, em Belo Horizonte. Confira suas outras mixagens e siga-o no Mixcloud!

Fatal error: Uncaught Exception: 12: REST API is deprecated for versions v2.1 and higher (12) thrown in /home/volia174/public_html/ohmyrock.net/wp-content/plugins/seo-facebook-comments/facebook/base_facebook.php on line 1273