The Chevin – Champion

Luis Felipe —  20/09/2012 — 2 Comentários

O The Killers voltou com um CD morno, o Mumford & Suns voltou com um álbum que soa exatamente como o anterior e o Muse, bem, teve um último single que flertava com dubstep. Os carentes de um indie-rock grandioso, também chamado por muitos de “rock de arena”, aprenderam esse ano (novamente) que pretensão não é a única característica suficiente para fazer um bom disco. Mas é assim, de fininho, que o The Chevin vem tirando o gosto amargo da minha boca com o excelente Borderland, primeiro disco da banda britânica, que já vem sendo chamado pelos críticos como “a resposta do Reino Unido para o The Killers”.

Das músicas do disco, já cobrimos a frenética “Drive” e o folk-rock-à-la-Mumford de “Blue Eyes”, mas é o novo single e faixa de abertura do álbum, “Champion”, que se destaque entre os três lançamentos. Como uma espécie de Muse cantando uma música do The Killers, “Champion” é um glam-rock que chama sua atenção desde o primeiro segundo, com seus riffs grudentos e um coro de “oh-oh-oh” que não vai sair da sua cabeça. Os sintetizadores e a bateria acelerada ajudam a dar um senso de urgência à música que vai te trazer boas lembranças dos anos 2000, e não vai te deixer descansar até os últimos segundos.

The Chevin – Champion

The Chevin – Champion (The Penelopes Remix)

O primeiro disco do The Chevin, Borderland, será lançado no dia 25 de Setembro, mas já pode ser ouvido na íntegra clicando aqui ou logo após o jump. Prometemos que você não irá pular nenhuma faixa (e não deixe de ouvir “Dirty Little Secret” e a incrível canção título à-la Arcade Fire).

.

The Chevin – “Borderland”

2 respostas para The Chevin – Champion

  1. Finalmente alguma banda nova para concorrer com Arcade Fire/Muse/The Killers/Keane/Coldplay. À muito que não aparecia uma banda com um album do género tão bom, muito bom para ouvir no carro num domingo à tarde. Nota para mais um grande remix de The Penelopes, gosto muito do electronico deles

  2. Realmente, o album do muse foi uma grande merda, do munford & SONS repetitivo do the killers entao. Adorei champion, muito grudenta, mas o cara ali em cima que disse que ta no nivel do arcade fire exagerou bastante.

Deixe seu comentário