Friday Mixes – Vol. #57

Luis Felipe —  26/04/2013 — 6 Comentários

FM57

A gente confessa que neste ano temos mantido um ritmo um tanto lento em relação ao Friday Mixes, com uma média de um por mês, mas olhando pelo lado positivo podemos dizer que a curta seleção está cada vez mais seleta, sem desperdiçar nosso precioso tempo do final de semana com aquilo não-tão-legal-assim. É dessa forma, portanto, que eu apresento o Friday Mixes #57, que traz sem dúvidas alguns dos remixes mais criativos que vimos este ano, relembrando nomes clássicos como Daft Punk, Justin Timberlake e Destiny’s Child e unindo-os aos mais novatos, como Ellie Goulding, MNDR e Miguel.

Apesar da nossa nova política contra downloads ilegais, ainda continuaremos disponibilizando por alguns dias o download individual de cada música, porém, o zip com todas as faixas ficará disponível para sempre. Entretanto, vale ressaltar que a melhor forma de ouvir nosso Friday Mixes é sem dúvida alguma alguma apertar o play na nossa mixtape abaixo, produzida com muito carinho pelo nosso DJ favorito Amplis, e que captura exatamente a essência que tentamos transmitir com a nossa seleção. Então bom final de semana e nos vemos na próxima!

OBS.: Remixes individuais após o jump, clicando na foto acima ou AQUI.

MIXTAPE: Friday Mixes 57 #REMIXED

.

Daft Punk – Get Lucky (Tom Budin Remix)

urlSabe aquela criança ansiosa pelo presente de Natal só pra chegar no dia e dar de cara com um presente que nem de longe era o que ela queria? Essa foi basicamente a minha sensação ao ouvir “Get Lucky”, o novo single do Daft Punk, que sim, meia internet já amava mesmo antes do lançamento. Para nossa sorte, entretanto, o fantástico Tom Budin criou um remix não apenas anos-luz à frente da original, mas que corrige basicamente TODAS as nossas reclamações a respeito da faixa e ainda consegue nos surpreender no caminho. E porque ele é tão bom? Bem, imagine se o Daft Punk tivesse dividido melhor as participações, reduzido a parte do Pharrell para o somente o necessário, não repetisse as guitarras do Nile Rodgers por toda a duração, enchido a produção de solos de sintetizadores espetaculares, samples e recortes bem no estilo do Madeon e ampliasse sua participação na música para toda a faixa, ao invés de um mero breakdown, que você terá uma versão muito mais energética, eufórica e futurística que a original que, convenhamos, tá mais pra simplesmente “classic-disco” do que “new-disco”. Download obrigatório para quem curtiu, ou não, a original, e simplesmente um dos melhores remixes do ano.

Daft Punk – Get Lucky (Tom Budin Remix)

.

Calvin Harris & Ellie Goulding – I Need Your Love (Louis La Roche Remix)

Calvin-Harris-I-Need-you-Love-feat-Ellie-Goulding-500x500Mais um exemplo de como um remix pode envigorar nova vida a uma canção um tanto simples, “I Need Your Love”, originalmente do Calvin Harris com os vocais da adorável Ellie Goulding, recebe o tratamento de ouro do prodígio Louis La Roche, que começa recortando os vocais de Ellie e transformando o número em um bombástico french-house que esbanja criatividade, balanceando os versos e refrões pop da canção com a produção sempre em mudança de Louis, que não deixa um segundo ser igual ao outro e faz da versão a definitiva para quem quer ouvir algo mais elegante e original do que as batidas maçantes (ou “farofas”) de Harris.

Calvin Harris & Ellie Goulding – I Need Your Love (Louis La Roche Remix)

.

Miguel – Do You… (Cashmere Cat Remix)

doyoucashmere

Acredite, nós amamos cada remix dessa página, inclusive os dois anteriores que simplesmente explodem suas originais em pedaços, mas é o remix de “Do You…”, do Miguel, feito pelo Cashmere Cat, que marca este Friday Mixes e rouba o trono de melhor remix do ano de quem quer que estivesse lá. Vamos colocar dessa forma: confessamos que nunca ouvimos a versão original, mas a produção que o Cashmere Cat criou aqui é basicamente o futuro do R&B (ou pelo menos o futuro que esperamos). A canção começa um tanto leve, com Miguel perguntando literalmente se você gosta de “dorgas”, até que uma batida animal entra em cena e se mistura a efeitos 8-bit, sintetizadores e vocais cheios de efeito que simplesmente são melhores ouvidos do que definidos. Sem dúvidas é a coisa mais criativa que ouvimos desde a última demo do Jai Paul, e se você gosta o mínimo desse blog, deve-se o favor de apertar o play abaixo e se deixar surpreender pelas ideias mirabolantes que o Cashmere Cat vai atirar aos seus ouvidos.

Miguel – Do You… (Cashmere Cat Remix)

.

Justin Timberlake – Strawberry Bubblegum (Lady Bee Bootleg)

Justin-Timberlake-The-20_20-Experience-Deluxe-Version-2013-1200x1200Justin, Justin, Justin… a gente ama tanto o seu The 20/20 Experience mas sentimos muita falta das canções mais dançantes dos discos anteriores. Apesar de “Suit & Tie” ter sido remixada ao extremo e a grandiosa “Mirrors” ainda não ter recebido nenhum remix oficial, é a versão da Lady Bee para “Strawberry Bubblegum” que salva o nosso final de semana com sua produção que mescla batidas moombathon com um pouquinho de dubstep, e cria a versão definitiva da faixa para quem acha a original um tanto lenta e cansativa. Como se fosse produzida pelo Diplo ou pelo Major Lazer, nessa aqui, é mais fácil ficar cansado de tanto dançar do que cair de sono em suas batidas nada minimalistas. Recomendamos que até quem não gosta do gênero experimente a mistura genial que a Lady Bee conseguiu injetar na original.

Justin Timberlake – Strawberry Bubblegum (Lady Bee Bootleg)

.

MNDR – Feed Me Diamonds (VZLKS Remix)

MNDRMNDR e seu primeiro disco, Feed Me Diamonds, foi tudo o que queríamos e mais um pouco. O que não sabíamos, entretanto, era do vasto potencial de sua canção título para excelentes remixes electro-pop, que iriam transformar a montanha-russa de emoções da original em canções tristes à-la Robyn, mas feitas para se acabar na pista. E é exatamente isso o que o VZLKS (não me pergunte como pronunciar esse nome) fez aqui, injetando batidas pulsantes, sintetizadores futurísticos e reformulando a produção da original do zero, surfando no belo refrão escrito por MNDR para criar drops que não soam agressivos, mas sim bonitos.

MNDR – Feed Me Diamonds (VZLKS Remix)

.

Tegan and Sara – Closer (Apparent Motion Remix)

20120919-tegan-306x-1348072358A nova fase das irmãs Tegan and Sara, do seu ultimo lançamento, Hearthrob, certamente é umas das mais alegres e acessíveis da dupla, originando brilhantes canções pop como “Closer” e “I Was A Fool”. As músicas, que parecem prontas para serem remixadas, ganharam o tratamento de diversos produtores, mas foi a versão do Apparent Motion, para a energética “Closer”, que se sobressai das demais e toma o posto de melhor remix das irmãs. Com uma linha de sintetizadores energéticos que dão o ar de graça por toda a duração da faixa, com direito a solos e riffs que vão derreter seu cérebro, é só apertar o play e ir direto pra pista que o Apparent Motion te colocará pra dançar em instantes.

Tegan and Sara – Closer (Apparent Motion Remix)

.

Say Lou Lou – Julian (Monsieur Adi Remix)

say-lou-lou1De Saint Lou Lou para Say Lou Lou, as irmãs gêmeas suecas podem ter trocado de nome, mas não perderam o ar de graça no segundo single da curta carreira da dupla, a fantástica “Julian”. Sob o comando do mestre da french-house Monsieur Adi, a produção hipnotizante e ligeiramente sintética da original dá espaço para as batidas eletrizantes e totalmente electro do rapaz, que chegam próximas a uma versão mais light e menos agressiva do Justice. Balanceando a doçura da original com uma produção mais dançante e um bom tanto agressiva, a versão do francês, entretanto, ainda não deixa de ser elegante como tudo que ele já fez, e possivelmente irá atrair ainda mais ouvintes para o novo hype sueco.

Say Lou Lou – Julian (Monsieur Adi Remix)

.

Destiny’s Child – Say My Name (E-603 Remix)

Destiny's_Child_-_Number_1'sA notícia de uma possível reunião do Destiny’s Child este ano deixaram muitos fãs com um expectativa que não foi correspondida, com um single decepcionante (pra não falar outra coisa) e uma apresentação dentro de uma apresentação da Beyoncé. O legal, entretanto, é que a marcante carreira do trio ainda chama a atenção de diversos produtores, como por exemplo o E-603, que reformulam suas músicas e adicionam novas interpretações aos clássicos hits das garotas. Na sua versão para “Say My Name”, batidas R&B eletrônicas suaves invadem a nova produção da música, feita do zero, abusando de pausas para criar tensão e de sintetizadores sonhadores que garantem um novo olhar – muito mais moderno e elegante – à deliciosa composição de mais de dez anos.………………………. ………………

Destiny’s Child – Say My Name (E-603 Remix)

.

[PACOTE COMPLETO] ♫ Friday Mixes #57 (D/L: Botão direito, Salvar como…)

A mixagem dessa edição foi feita pelo DJ Amplis, residente das festas Rifferama (rock dançante) e Discothèque (dance music), ambas no dDuck Club, em Belo Horizonte. Confira suas outras mixagens e siga-o no Soundcloud!

6 respostas para Friday Mixes – Vol. #57

  1. Pollyana Furtado 28/04/2013 at 00:02

    Muito bom!

  2. Ótima seleção, valeu!

  3. a unica nova é a do Miguel. O resto já esteve em outras friday mixes, inclusive o texto tbm é o mesmo… ¬¬

  4. mas esse é o Friday Mixes de abril, é velho mesmo. Se você quiser ouvir o novo é esse aqui -> http://www.ohmyrock.net/2013/11/friday-mixes-vol-58/

  5. mas esse é o Friday Mixes de abril, é velho mesmo. Se você quiser ouvir o novo é esse aqui -> http://www.ohmyrock.net/2013/11/friday-mixes-vol-58/

  6. mas esse é o Friday Mixes de abril, é velho mesmo. Se você quiser ouvir o novo é esse aqui -> http://www.ohmyrock.net/2013/11/friday-mixes-vol-58/

Deixe seu comentário