Archives For July 2013

Cardiknox-620x400

Se você gosta do seu pop um pouco mais agressivo do que o normal e está enjoado daquelas cantoras com voz fofa e zero de atitude, prepare-se para conhecer uma das maiores surpresas de 2013: Cardiknox. Formado pela dupla Lonnie Angle, com boas habilidades de piano, e Thomas Dutton, que tem um pé no punk devido às suas inúmeras bandas anteriores, o duo combina suas contraditórias influências pra dar vida a um electro-pop energético e urgente, que nasce sob a forma do primeiro single, “Hold Me Down”.

Se o Icona Pop saísse do mundo dos sonhos (e das festas) e voltasse com a atitude explosiva e debochada de “I Love It”, provavelmente o que teríamos seria algo próximo de “Hold Me Down”, com sintetizadores e uma produção eletrônica que passeiam por influências como Kate Boy e CHVRCHES, trazendo também aquela mesma atitude badass de uma Robyn ou de um Crystal Castles da vida. As batidas pulsantes não abrem espaço para descanso, servindo de base para Angle proclamar aos berros um grito de guerra sobre reivindicar o que é de seu direito e nunca se sentir reprimido, com direito a um refrão feroz que faz jus à composição e culmina em um synth-pop que aprende tanto do punk quanto de produções moderninhas.

Cardiknox – Hold Me Down

.

Além de conquistar com seu talento, Joel Compass prova a cada novo clipe que tem a capacidade de elaborar vídeos que nos fazem valorizar ainda mais o artista, que soa como uma mistura de Miguel com Frank Ocean. O EP Astronaut, previsto para setembro, terá músicas como “Fucked Up”, que já ganhou um clipe incrível, mas que não chega aos pés do brilhantismo de “Back To Me”. Tentando manter o mesmo apuro estético dos vídeos anteriores, o cantor lança o clipe de “Astronaut”, que abusa de cortes rápidos, aproximações da câmera e jogos de luzes para criar uma atmosfera celestial em um estúdio de gravação que ilumina o artista como se ele estivesse no espaço.

wizardz

Difícil definir o som do ato sul-africano John Wizards, mas ao dar play no single “Welcome To Cape Town, Cape Town Welcomes You”, a primeira palavra que vem na cabeça é: verão. Aquelas tardes na praia, quando o sol está mais fraco, apreciando o “vai e vem” das ondas parecem perfeitas para ser pano de fundo da faixa. O projeto é ideia de um homem só, John Withers, que gravou cada som do debut no seu estúdio, mas reuniu músicos para poder fazer apresentações locais. E é te dando boas vindas que o novo single de Withers já chega colocando a banda diretamente na categoria dos sons à lá Vampire Weekend, experimentando com instrumentos de todas as partes do mundo e trazendo sintetizadores tímidos, resultando num afro-pop apaixonante. Uma mistura que nos remete diretamente ao Contra (2010), como se “Welcome To Cape Town, Cape Town Welcomes You” pudesse facilmente passar como b-side da ótima “Diplomat’s Son”.

Fazendo pop com pitadas de world music, o John Wizards chega agradando os ouvidos, com baixo forte e melodia divertida, e deixa todo mundo ansioso para ouvir o álbum de estreia de Withers, que promete criatividade e inovação. Enquanto isso, o que podemos fazer é se deliciar com a vibe praiana e descontraída do cara, que com suas múltiplas influências fez o som mais eclético das últimas semanas.

John Wizards – Welcome To Cape Town, Cape Town Welcomes You

O debut John Wizards será lançado em setembro, via Planet Mu.

M83-Midnight-City-Wolf-Saga-Cover-Free-Download

Wolf Saga é um artista canadense que começou sua carreira musical compondo músicas e tocando guitarras em bandas de indie rock, mas depois de um tempo, percebeu que sua verdadeira vocação era a música eletrônica. Apaixonado pelos anos 80, Wolf Saga (que mantém sua identidade ainda em segredo) adiciona batidas e elementos que lembram sua década favorita em todas as produções, que mesclam eletrônico, pop e indie rock, soando quase como um pupilo oitentista e dramático do Viceroy.

Definida pelo próprio artista como um “hino de verão”, o novo single do rapaz, “Our Time”, de certa forma faz jus à afirmação graças a uma produção que não mede esforços pra soar grandiosa. Repleta de sintetizadores que dão o clima tropical-futurista, a canção se inicia de forma tímida, com os vocais do rapaz passando quase despercebidos sobre um refrão aparentemente ingênuo, até que os synths do início se revelam por completo e te nocauteiam logo no primeiro soco, atingindo as proporções que você deveria esperar de um M83 do Caribe.

Wolf Saga – Our Time

Dan-Croll-InOut

Se você ainda não conhece o Dan Croll, não sabe o que está perdendo. Falamos dele no começo do ano com as deliciosas “From Nowhere” e “Compliment Your Soul”, e desde então não tivemos mais dúvidas quanto ao seu potencial. Britânico, Dan é nativo de Livepool, e vem se aventurando na musica desde o começo do ano com o lançamento do EP independente From Nowhere. A pequena amostra de cinco faixas exala referências quase nativas da terra da rainha, junto a toque de experimentalismo assinado pelo produtor Joe Wills, que propõe uma junção de elementos do rock alternativo priorizando uma atmosfera mais orgânica.

Agora pronto para materializar seu álbum de estreia, Dan nos presenteia com mais duas previas do trabalho. “In/Out” vem à frente do material e traz um redemoinho do melhor apresentado em seu EP, uma faixa mais polida e simpática que carrega uma produção ensolarada. Em uma espécie de percussão caribenha, a faixa nos leva a um caleidoscópio rítmico extremamente contagiante, que acompanha um dedilhado de guitarras a-lá Grizzly Bear com aquela energia do Vampire Weekend, com direito a sintetizadores analógicos e os vocais multifacetados do cantor, nos levando a uma verdadeira viagem.

Dan Croll – In/Out

Enquanto isso, “Can You Hear Me” caminha em sentindo oposto a todas as produções de Dan Croll, mostrando a versatilidade assídua de sua parceria com o produtor Joe Wills. A faixa busca visíveis influências na urban music e ainda sim consegue permear uma instrumentação orgânica e gloriosa. De longe nossa favorita – e eleita pelo próprio Dan como sua composição preferida no registro – “Can You Hear Me” é uma mistura surpreendente. A canção começa de forma sorrateira, mas com o decorrer da faixa somos guiados a uma produção despojada, com direito aos então conhecidos vocais fantasmagóricos do cantor em segundo plano.

Dan Croll – Can You Hear Me

Dan Croll – Can You Hear Me

Dan se encontra em estúdio finalizando os últimos detalhes do seu álbum de estreia, previsto para este ano.

.

Uma semana após divulgar o single “Hearts Like Ours”, o The Naked And Famous lança o videoclipe da cativante música, que estará no álbum In Rolling Waves, programado para setembro. Os vocalistas Alisa Xayalith e Thom Powers são mostrados cantando a música, cujo tom jovial é captado perfeitamente pelo diretor Campbell Hooper, que consegue retratar o vigor e a energia da juventude, a partir de um mosaico de imagens de jovens chorando, sorrindo, dançando e fazendo outras ações sem uma conexão aparente. Ao contrário das abelhas reunidas no início, os jovens possuem características bastante peculiares e distintas, o que nos deixa com vontade de saber mais sobre eles, mesmo que o clipe dê indícios de que há algo nebuloso na vida deles.

wake-up-oh-my-rock_gif

Pessoal do Rio de Janeiro, seus pedidos foram atendidos! Depois de uma temporada de festas na Funhouse (SP) ano passado e de invadir o James (PR) no último mês, a festa com mais música nova do Brasil desembarca de vez no Rio de Janeiro, no dia 03/08/2013 (sábado), aliada à famosa Wake Up!, que agita mensalmente a Fosfobox (RJ).

Iremos ocupar durante a noite toda o andar de cima do clube, e pra isso chamamos nosso amigo Pedro W, que promete muito electro-pop e novidades das nossas páginas, além do nosso ex-colaborador-agora-chamado-DJ Rjé, que agita as altas horas com muito future-pop pra te fazer surtar. Vale lembrar também que eu, Luis, também toco por boa parte da festa, mas creio que nem precisa dizer que de mim você pode esperar um set repleto de remixes, de inéditos a favoritos, de músicas novas a velhas, que provavelmente irão te fazer deixar o Shazam ligado 24 horas e acabar com sua perna pro domingo. Então vamos nessa e até sábado!

DETALHES DA FESTA + LISTA AMIGA