Archives For May 2014

tumblr_n1fza4AdWY1ttj3v1o1_r1_1280

O Housemate é o projeto do produtor e cantor Brad Payne, um britânico de Bournemouth, que já sabia desde os 15 anos o que queria fazer da vida. Misturando sintetizadores polidos com batidas insinuantes, Payne consegue mostrar serviço ao apresentar o primeiro single do seu disco debut, Axiom. A faixa, intitulada “Always Here For You”, é a trilha sonora perfeita para o seu fim de verão, e vai fazer você se viciar no som do cara.

“Always Here For You” chega com alma própria, caminhando pelo dance e pelo synth pop com batidas solares e muita precisão. Começa tímida, mesmo com o já poderoso sintetizador de Payne, e ganha forma de verdade quando a batida que moldura todo o resto da produção aparece. Os cinco minutos de duração passam rápido, “Always Here For You” é daquelas que não é preciso fazer qualquer esforço pra gostar, flui fácil, despretensiosa. Os vocais não são protagonistas, mas funcionam como um importante complemento à melodia envolvente que Payne produziu.

Housemate – Always Here For You

O single coloca o Housemate na lista de debuts que deve ser ouvido, e você pode fazer isso clicando aqui.

url

O Cathedrals mostrou ao mundo no ano passado o tamanho da sua grandiosidade ao lançar a ótima “Unbound” como primeira amostra do seu trabalho, fazendo com que fôssemos um pouco a fundo na história deste misterioso duo. Uma surpresa foi descobrir que para Brodie Jenks e Johnny Huin dominar instrumentos não foi nenhum desafio, já que ambos vinham trabalhando com música antes mesmo de se conhecerem, colaborando de diversas formas em pequenas turnês de bandas que passavam por São Francisco, a cidade natal da dupla. Depois de nos apresentar uma essência delicada – fazendo jus ao pseudo nome – o duo retorna mostrando um lado um tanto contraditório de sua estreia. Trocando o instrumental mais orgânico acompanhado de vocais calmos de “Unbound” por batidas marcantes e vocais intimidadores, eis que surge a segunda amostra do EP da banda, “Harlem”.

O trabalho em “Harlem” pode ser descrito como “sigular”, graças à mistura inusitada de elementos do dreampop com o futurepop, chegando a soar como uma tentativa de encontro do Tennis com o AlunaGeroge. Os vocais e sussurros em segundo plano criam uma cacofonia maravilhosa de “oohs” e “aahs” acompanhados por instrumentos dedilhados que, por sua vez, tem um pé no dreampop apesar da agitação. A guitarra, entretanto, é o grande destaque da produção, progredindo durante a faixa à medida que o seu batimento cardíaco se acelera, entregando – finalmente – um break libertador, com direito a um solo que te leva às estrelas.

Cathedrals – Harlem

La-Roux-Let-Me-Down-Gently-2014-1000x1000-1

Pareceu uma eternidade mas finalmente a notícia que muitos esperavam ouvir acaba de chegar. Após quatro anos de espera, eis que podemos conferir a primeira amostra do novo álbum do La Roux, duo inglês formado pela vocalista Elly Jackson e o produtor Ben Langmaid. “Let Me Down Gently” é primeiro single do Trouble In Paradise, e – com seis minutos de duração – mostra que a espera mais do que valeu a pena.

“Amadurecimento” certamente é a palavra chave aqui, visto que, logo na primeira audição, “Let Me Down Gently” e seu tom sóbrio e maduro faz o repertório antigo do La Roux soar até um pouco infantil. De início lento, com órgão fúnebres e harmonias vocais, a canção é uma balada elegante que se desenvolve sem pressa, adicionando novas melodias e elementos na produção, aliando saxofones, sintetizadores e guitarras grandiosas. O resultado é um bom tanto parecido com as músicas do St. Lucia, mas os vocais inconfundíveis de Elly deixam tudo singular, coroando de vez o retorno triunfal do La Roux.

La Roux – Let Me Down Gently

Trouble In Paradise será lançado dia 7 de Julho pela Polydor.