Friday Mixes – Vol. 60

Luis Felipe —  15/05/2015 — 2 Comments

Final de semana chegando, nada melhor do que um Friday Mixes pra ouvir com os amigos se divertindo de boa. Essa edição de “retorno”, entretanto, vai te colocar pra suar um pouquinho mais. Baseada no deep-house, future-house, garage-house, uk-house e no sei-lá-o-que-house, a intenção é te colocar pra dançar sem pausas, surpreendendo no caminho com novíssimos remixes de hit consagrados (“Promiscuos”, “Hung Up”, “SexyBack”), de hits novos (“Lean On”, “Bitch Better Have My Money”) e de uma ou duas novidades menos conhecidas. Sem mais, aperte o play e bom final de semana!

OBS.: Clique AQUI para baixar os remixes individuais.

MIXTAPE: Friday Mixes Vol. 60

[D/L] SET MIXADO              [D/L] PACK MÚSICAS INDIVIDUAIS

.

Madonna – Hung Up (1DAFUL Remix)

Madonna e sua “Hung Up” ganham uma repaginada total nas mãos do 1DAFUL, que troca a produção future-disco da versão original por um deep-house agressivo que pertence bem a 2015.

Madonna – Hung Up (1DAFUL Remix)

.

Major Lazer x MØ – Lean On (Shemce Remix)

Sem desmerecer a produção original, “Lean On”, do Major Lazer com a MØ, não é das músicas mais dançantes. Problema resolvido pelo Shemce, que acelera as batidas e adiciona uma boa dose de deep house à mistura, que ganha ainda mais força no refrão.

Major Lazer x Mo – Lean On (Shemce Remix)

.

Club Cheval – From The Basement To The Roof (Oliver Remix)

Particularmente não conheço a versão original de “From The Basement To The Roof”, do Club Cheval, mas o duo francês Oliver, só por botar o dedo nisso aqui, já me convenceu de ouvir o remix. E se o comecinho tem cara de decepção, espere até a casa dos dois minutos pra sentir a reviravolta, quando um electro nervoso, bem à-la Justice, entra em ação para virar o jogo. E é mais um ponto pro Oliver.

Club Cheval – From The Basement To The Roof (Oliver Remix)

.

Nelly Furtado – Promiscuous (Dr. Fresch Remix)

Dr. Fresch faz jus ao nome: “Promiscuous”, da Nelly Furtado, nunca esteve tão jovial quanto neste remix. Mantendo a estrutura pop da original intacta, o produtor adiciona batidas deep house e até arrisca um trap no meio do caminho, te ganhando logo de cara pela nostalgia mas botando pra ferver no final. Se a gente botasse o Disclosure pra produzir a música, provavelmente sairia algo assim.

Nelly Furtado – Promiscuous (Dr. Fresch Remix)

.

Lana Del Rey – Born To Die (Absence Remix)

Se você acha que “Born To Die”, da Lana Del Rey, já deu tudo o que tinha que dar, pense de novo, pois o remix do Absence vai te fazer gostar da música como se fosse 2012. Retirando cada partícula de melancolia da original, o que fica são batidas aceleradas e um refrão dançante, com uma melodia grudente que parece obra do Kygo/Avicii (sem puxar pro farofa rs).

Lana Del Rey – Born To Die (Absence Remix)

.

Rihanna – Bitch Better Have My Money (Frnkrok Future House Remix)

Rihanna e sua “Bitch Better Have My Money”, ou apenas “BBHMM”, está prestes a ocupar o primeiro posto de música mais remixada de 2015. Entretanto, enquanto a maioria dos remixes vão mais pro lado do trap, o FRNKROK puxa pro future-house – ou um deep-house mais nervoso – que funciona igualmente, deixando as coisas mais dançantes que a original, sem perder sua agressividade.

Rihanna – Bitch Better Have My Money (Frnkrok Future House Remix)

.

Porter Robinson – Years Of War (Golden Features Remix)

Não deixe os vocais angelicais de “Years Of War”, do Porter Robinson, te enganar. Pelo menos não no remix do Golden Features pra música, que quando você menos espera está dilacerando seus ouvidos com batidas metálicas e minimalistas, mas surpreendentemente dançantes. Certamente um dos remixes mais peculiares e originais do ano.

Porter Robinson – Years Of War (Golden Features Remix)

.

Justin Timberlake – SexyBack (Julius Jetson Remix)

Julius Jetson não faz mais do que o básico neste remix para transformar “SexyBack”, do Justin Timberlake, em um monstro pras pistas de dança mais moderninhas. Pegando carona na onda do deep-house do Disclosure, o produtor cumpre bem a proposta no que pode ser considerado um remix previsível porém eficaz, que vai te colocar pra suar em menos de 10 segundos.

Justin Timberlake – SexyBack (Julius Jetson Remix)


Fatal error: Uncaught Exception: 12: REST API is deprecated for versions v2.1 and higher (12) thrown in /home/luissal/ohmyrock.net/wp-content/plugins/seo-facebook-comments/facebook/base_facebook.php on line 1273