Entrevista: SOFI TUKKER

Luis Felipe —  11/01/2016 — 3 Comments

Sofi_Tukker_by_Shervin_Lainez_2015_1

O SOFI TUKKER é uma daquelas bandas que me fazem agradecer saber falar português. E o mais engraçado é que não, não estamos falando de uma banda brasileira. O promissor duo, formado por Sophie Hawley-Weld e Tucker Halpern, vem lá de Nova York e assinou, no ano passado, com o selo Heavy Roc (The Knocks, St. Lucia). E a vantagem do português é que, até então, as músicas lançadas pelo duo são na nossa língua.

A primeira delas, “Drinkee”, chegou em outubro do ano passado e não demorou pra explodir internet afora. Com uma letra em português extraída de um poema do Chacal, que não poderia soar mais “festa”, a canção também não deixa ninguém parado com suas batidas, enquanto uma guitarra sedutora e igualmente viajante incrementa a melodia.

SOFI TUKKER – Drinkee

E a mais nova da dupla, lançada nesse ano, é a igualmente dançante (e merecedora do título) “Matadora”. Utilizando um instrumento de cordas (chamado charango) pra dar início à produção, os nova-iorquinos misturam instrumentos orgânicas a batidas eletrônicas que soam como um pop-cigano feito sob medida para as festas. A letra, que mais uma vez usa um poema do Chacal de base, é um quebra-cabeça a parte, que vai te deixar tentando entender o trava-línguas até depois que a música acabar.

SOFI TUKKER – Matadora

E se você quer conhecer um pouco mais da dupla (assim como nós), recomendamos a leitura da entrevista que fizemos com eles, logo abaixo ou clicando aqui.

xxx

E aí, pessoal! Primeiramente, me contem: como que vocês chegaram na ideia de colocar letras em português nas suas músicas? Algum de vocês já morou no Brasil antes?

Sophie: Eu morei no Rio por 6 meses e sou bastante apaixonada pela língua. Quando eu tava no Rio, fiz um curso de poesia em MPB e cheguei a conclusão de que o português brasileiro é a língua mais bonita pra se cantar. Ela é naturalmente melódica. Acabei conhecendo um poeta chamado Chacal enquanto eu tava na universidade. Ele recitou suas poesias e eu as interpretei em forma de música – nessa época, eu fazia mais era bossa nova com meu violão. Quando eu e Tucker começamos a fazer música juntos, foi natural continuar com o português. Eu sou muito inspirada pela poesia brasileira e mal posso esperar pra colaborar com mais poetas no futuro!

Bom, vocês só tem duas músicas lançadas, então podemos dizer que o SOFI TUKKER é uma banda relativamente nova. Vocês já se conheciam antes de trabalharem juntos? Já trabalharam com música antes?

Tucker: Sophie e eu nos conhecemos no nosso ultimo ano de faculdade, e passamos o ano fazendo música juntos praticamente todos os dias! Antes estávamos ambos perseguindo nossa paixão pessoal pela música, mas a mágica aconteceu mesmo quando juntamos nossas mentes.

sofi-tukker-e1444945189688

Já que vocês está ligadas à Heavy Roc [selo que abrigou diversos artistas emergentes como Icona Pop, The Knocks e St. Lucia], estamos assumindo que vocês também adoram descobrir e ouvir coisa nova. O que vocês estão ouvindo ultimamente?

Os The Knocks estão trabalhando em um novo álbum como Wyclef Jean agora. Tá bem quente.

E de vocês, o que a gente pode esperar da banda a partir de agora? Eu soube que tá pra sair um EP, mas será que podemos esperar por mais – ou todas! – canções em português?

Nosso EP, Soft Animals, é bastante eclético, e duas das 6 faixas são em português. Mas nós estamos no momento trabalhando em material novo, e muito dele é em português!

Legal! Mal podemos esperar para ouvir! Obrigado pela conversa então, e espero ver vocês em breve no Brasil!

A gente espera também! “Seria um grande prazer!” A gente precisa voltar ao Brasil pra afiar nosso português – e dançar um pouco de forró também.


Fatal error: Uncaught Exception: 12: REST API is deprecated for versions v2.1 and higher (12) thrown in /home/luissal/ohmyrock.net/wp-content/plugins/seo-facebook-comments/facebook/base_facebook.php on line 1273