url

O Cathedrals mostrou ao mundo no ano passado o tamanho da sua grandiosidade ao lançar a ótima “Unbound” como primeira amostra do seu trabalho, fazendo com que fôssemos um pouco a fundo na história deste misterioso duo. Uma surpresa foi descobrir que para Brodie Jenks e Johnny Huin dominar instrumentos não foi nenhum desafio, já que ambos vinham trabalhando com música antes mesmo de se conhecerem, colaborando de diversas formas em pequenas turnês de bandas que passavam por São Francisco, a cidade natal da dupla. Depois de nos apresentar uma essência delicada – fazendo jus ao pseudo nome – o duo retorna mostrando um lado um tanto contraditório de sua estreia. Trocando o instrumental mais orgânico acompanhado de vocais calmos de “Unbound” por batidas marcantes e vocais intimidadores, eis que surge a segunda amostra do EP da banda, “Harlem”.

O trabalho em “Harlem” pode ser descrito como “sigular”, graças à mistura inusitada de elementos do dreampop com o futurepop, chegando a soar como uma tentativa de encontro do Tennis com o AlunaGeroge. Os vocais e sussurros em segundo plano criam uma cacofonia maravilhosa de “oohs” e “aahs” acompanhados por instrumentos dedilhados que, por sua vez, tem um pé no dreampop apesar da agitação. A guitarra, entretanto, é o grande destaque da produção, progredindo durante a faixa à medida que o seu batimento cardíaco se acelera, entregando – finalmente – um break libertador, com direito a um solo que te leva às estrelas.

Cathedrals – Harlem

La-Roux-Let-Me-Down-Gently-2014-1000x1000-1

Pareceu uma eternidade mas finalmente a notícia que muitos esperavam ouvir acaba de chegar. Após quatro anos de espera, eis que podemos conferir a primeira amostra do novo álbum do La Roux, duo inglês formado pela vocalista Elly Jackson e o produtor Ben Langmaid. “Let Me Down Gently” é primeiro single do Trouble In Paradise, e – com seis minutos de duração – mostra que a espera mais do que valeu a pena.

“Amadurecimento” certamente é a palavra chave aqui, visto que, logo na primeira audição, “Let Me Down Gently” e seu tom sóbrio e maduro faz o repertório antigo do La Roux soar até um pouco infantil. De início lento, com órgão fúnebres e harmonias vocais, a canção é uma balada elegante que se desenvolve sem pressa, adicionando novas melodias e elementos na produção, aliando saxofones, sintetizadores e guitarras grandiosas. O resultado é um bom tanto parecido com as músicas do St. Lucia, mas os vocais inconfundíveis de Elly deixam tudo singular, coroando de vez o retorno triunfal do La Roux.

La Roux – Let Me Down Gently

Trouble In Paradise será lançado dia 7 de Julho pela Polydor.

.

Em maio, finalmente saberemos se o álbum I Never Learn será tão bom quanto se espera da Lykke Li, que já divulgou músicas que indicam mais um trabalho excepcional, como “Love Me Like I’m Not Made Of Stone” e “I Never Learn”. O single que deve impulsionar a visibilidade do próximo CD é a balada “No Rest For The Wicked”, que possui as características marcantes da cantora, como suas letras tristes, toques de piano delicados e uma voz que ecoa em tom épico. No vídeo da canção, o diretor Tarik Saleh parece ter se inspirado nos filmes evocativos de Terrence Malick. A forte carga emocional da música é retratada por meio de imagens da cantora e de um cara com quem ela mantém um relacionamento, que é interrompido e culmina em um desfecho melancólico.

.

Ninguém pode acusar a Foxes de não ser consistente. Em seu novo videoclipe, a artista segue a mesma estética apresentada em seus trabalhos anteriores, como “Let Go For Tonight”. Cheio de músicas com grande potencial para fazer sucesso pelo mundo afora, o álbum Glorious foi adiado para maio. A divulgação do debut da cantora segue com “Holding Onto Heaven”, mid-tempo pop que conta com uma combinação deliciosa de elementos delicados com refrões épicos. Sob a direção de Henry Scholfield, a cantora surge em duas versões, uma representando a realidade e outra a fantasia. Ambas cativam com a expressividade da cantora, suas danças e o visual bastante colorido.

.

Antes do lançamento oficial do EP Sirens, no próximo dia 28, Florrie fez um vídeo para mais uma cativante música presente no EP. É o caso de “Free Falling”, que tem uma batida bem acelerada. O diretor Jack A. Bowden utiliza uma câmera em constante movimento para acompanhar a britânica em seu novo videoclipe, que abusa de angulações que proporcionam fluidez ao vídeo, que é tão bacana quanto o anterior, feito para divulgar a música “Seashells”.

.

Mapei pode até ter demorado um pouco para o lançamento do clipe de “Don’t Wait”, mas o vídeo não decepciona. Seguindo a mesma vibe descompromissada da música que mescla pop com R&B e encabeça o EP Don’t Wait, o trabalho audiovisual da cantora foi dirigido por Dori Oskowitz. A cantora passeia na garupa de uma bicicleta guiada por um cara até chegar a uma festa. Agora só nos resta torcer para que o álbum de estreia da artista fique pronto logo.

.

Os leitores do blog já devem conhecer bem Monica Birkenes. Estamos falando da Mr Little Jeans, que tem seu trabalho divulgado aqui desde 2010. Finalmente, o debut Pocketknife está disponível, contendo faixas como a graciosa “Oh Sailor”, que ganhou um clipe tão perfeito quanto a apaixonante canção. Mr Little Jeans já começou a divulgação do seu 1º álbum com o pé direito, por meio de um vídeo para o cativante single “Good Mistake”, que marca o synth-pop etéreo pelo qual a cantora é conhecida. Dirigido por Ian Schwartz e Cooper Roberts, o videoclipe acompanha um caminhoneiro que representa a trajetória de arrependimento abordada na letra, que expõe diversos sentimentos gerados por erros. Enquanto a norueguesa canta dentro de uma cabine telefônica cheia de névoa, é impossível não imaginar que a artista está a poucos passos de fazer companhia para Lorde, Foxes e outras cantoras que não demoraram para chamar a atenção do grande público.

Página 10 de 257« Primeira...91011...2030...Última »