.

Cada nova música de Wish Bone é uma comprovação de como Oh Land pode ser versátil sem perder sua personalidade. A canção da vez é “Pyromaniac”, que tem a mesma vibração retrô que a dançante “Manic Baby”, do The Preatures. Assim como em “Renaissance Girls”, o clipe de “Pyromaniac” abusa da expressividade da cantora dinamarquesa, que também mostra sua elasticidade em movimentos impressionantes. Os diretores Rasmus Weng Karlsen e Jasper Carlberg usam ainda registros estáticos que revelam momentos de intimidade da artista, que não tem medo de brincar com fogo e se arriscar na carreira.

.

O R&B da Solange flerta com o pop e com batidas eletrônicas, como foi possível notar em “Losing You” e “Lovers In The Parking Lot”, que acaba de ganhar um videoclipe dirigido por Peter J. Brant, Emily Kai Bock e pela própria Solange. “Lovers In The Parking Lot” faz parte do EP True, lançado em 2012. Os passos de dança da cantora em seu mais recente videoclipe são sincronizados com a música, que une a suavidade dos vocais da irmã de Beyoncé com elementos sonoros que grudam na cabeça. O clipe acerta ao apostar em uma coreografia delicada e em uma montagem que alterna as cenas de maneira fluida, além da ótima fotografia capaz de transformar uma simples galeria de lojas em algo cheio de vida, devido ao modo como os locais são iluminados.

.

Quando apresentamos Linnea Dale, associamos a cantora a artistas como Tove Lo e Lykke Li, porém, cada nova audição deixa clara a semelhança de Linnea Dale com a intrigante Laura Welsh, graças aos vocais sedutores e a uma sonoridade bastante sofisticada, cujo impacto cresce na medida em que o refrão se aproxima.  “A Room In A City” possui um videoclipe que já foi divulgado há algum tempo, mas que merece ser descoberto devido à elegância que reflete o efeito da música. A direção do vídeo de “A Room In A City” ficou sob a responsabilidade de Bjørn Opsahl, que criou uma atmosfera de sonho em função de uma fotografia predominantemente em preto e branco, com a artista norueguesa esbanjando sua sensualidade natural não apenas para os homens e mulheres presentes no vídeo, mas também para quem assiste ao clipe.

.

A cativante “Safe And Sound” foi responsável por popularizar o Capital Cities, que lançou diferentes versões de clipes para o single de estreia, incluindo um vídeo bizarro envolvendo animais. Para divulgar a nova música de trabalho, o duo voltou a usar imagens animalescas. Dirigido pela própria dupla em parceria com Carlos Lopez Estrada, o triste e criativo videoclipe de “Kangaroo Court” apresenta uma realidade alternativa em que todos são animais e as zebras sofrem discriminação. Por conta disso, o protagonista se disfarça de cavalo para entrar no clube “The Kangaroo Court”, onde o animal é desmascarado e julgado depois de se interessar por uma cachorra. Assim como o clipe oficial de “Safe And Sound”, o novo material audiovisual da dupla tem uma produção caprichada, o que nos deixa na expectativa de que “Farrah Fawcett Hair”, a música mais extasiante do álbum In A Tidal Wave Of Mystery, também ganhe um vídeo à altura da canção.

.

Quem conhece o Empire Of The Sun sabe muito bem que conferir os vídeos do duo é o mesmo que ser levado a uma aventura que mistura fantasia com referências futurísticas saídas de filmes de ficção científica. Depois dos desertos e outras paisagens vistas no clipe de “Alive”, os artistas colocam o “pé no chão” para o vídeo de “DNA”, que ajuda a promover o álbum Ice On The Dune. Dirigidos por Emmet Malloy, os músicos Nick Littlemore e Luke Steele aparecem perdidos em San Fernando Valley. Enquanto o pop dançante e cheio de sintetizadores toca, acompanhamos a dupla performática fazer coisas banais, como andar de bicicleta, pegar um ônibus vazio durante a noite e arranjar confusões após uma festa. O contraste dos figurinos chamativos com os cenários comuns só aumenta impressão de que os artistas vieram de outro planeta.

.

Depois de “Closer” nos alegrar com a celebração da química entre pessoas e de “I Was A Fool” nos lembrar de como uma decepção amorosa pode ser melancólica, a dupla Tegan And Sara resolveu continuar a divulgação do álbum Heartthrobe com “Goodbye, Goodbye”, que contagia mesmo sendo sobre a dificuldade de se despedir de alguém com quem se teve um relacionamento. Com seu novo videoclipe, as irmãs mostram como a interação via diversas formas de comunicação reflete nossas emoções. Sob direção de Natalie Era Robison, o clipe também se destaca por exibir as inúmeras plataformas tecnológicas pelas quais nós lidamos com a rejeição e acabamos relações, desde mensagens escritas a mão até mensagens em aplicativos de aparelhos móveis.

.

Com um clima otimista, “Elevate” conquista facilmente não só os fãs do St. Lucia como também quem escuta o grupo pela primeira vez. O synth-pop ao mesmo tempo descontraído e grandioso de “Elevate” serve como single de estreia do projeto encabeçado por Jean-Philip Grobler, que lançará o álbum de estreia When The Night no dia 8 de outubro. Para ilustrar a vibe agradável da canção, o diretor Norton intercala cenas de pessoas aproveitando o clima quente em vários locais do Brooklyn com imagens da banda tocando em um apartamento, que virou o ponto de encontro depois que o grupo foi despejado do estúdio de gravação. O clipe termina em festa com os amigos dos integrantes se reunindo no topo do prédio e se rendendo aos sons tropicais da música.

Página 20 de 248« Primeira...10...192021...3040...Última »