Archives For ASTR

unnamed-1

O duo de New York ASTR (Adam e Zoe) lança o single “Activate Me”, primeira mostra do novo EP Homecoming. O novo trabalho tem a missão de manter os bons olhos da crítica e finalmente chegar ao grande público. Com o novo single, co-produzido pelo hitmaker Darkchild (responsável por grandes hits de Nelly Furtado, TLC) eles apostam numa mistura de soul noventista com o deep-house do Reino Unido. O resultado é algo extremamente dançante e bem diferente dos trabalhos prévios e mais obscuros do duo. Em parceria com o canal Noisey, traz diversos takes de Adam e Zoe em imagens que parecem extraídas de um VHS e criam o projeto audiovisual ideal para garantir que o ASTR se torne algo grande. Nem que seja na sua playlist.

ASTR – Operate

Helena Bokos —  20/05/2013 — 2 Comments

artworks-000046233988-owfm8o-original

O duo ASTR, de Nova York, já tinha liberado anteriormente os singles “Goodnight” e “Razor”, mas é agora, com “Operate”, que temos até então a maior obra-prima da dupla. Saídos do Brooklyn, o duo demonstra bastante as influências do bairro em suas músicas, que, dentro de um contexto indie-pop, revelam todo o gingado que, como nenhum outro gênero, o R&B e o hip hop possuem. A brincadeira soa como um Purity Ring cantado pela Charli XCX, e traz um instrumental extremamente sutil e detalhado, como um resgate à música black-eletrônica dos anos 80 mas que flerta diretamente com as batidas modernas do chill e do trap. Apesar de sensuais, suas músicas são feitas pra dançar, para se deixar levar naquela mágica conexão som-corpo, e é basicamente assim que “Operate” te conquista.

Dotada de um refrão R&B, de melodia suave, grudenta e pronta pra satisfazer todas as exigências de um futuro hit pop, o curto refrão logo dá espaço à atmosfera altamente sedutora dos versos, o maior atrativo da música. Os vocais metalizados demonstram sua imponência sob a produção minimalista e trazem toda a dramaticidade necessária que a produção sensual pode pedir, acompanhando perfeitamente a linha de baixo com groove descarado que torna tudo ainda mais sexy e acessível. Mas enquanto a canção poderia ficar apenas no dreamy, a adição de incríveis batidas temperamentais que levam o trap ao pop deixam tudo mais dançante e fazem todo o diferencial por aqui, culminando em uma perfeita mistura de hip-hop, R&B e synth-pop em que o ritmo é tudo.

ASTR – Operate