Archives For Beatrice Eli

.

Com “Girls”, a sueca Beatrice Eli mantém o alto nível de suas canções anteriores, como a fantástica “Violent Silence”. Com uma energia semelhante à sonoridade do Cardiknox, a nova música de Beatrice Eli aposta em um synth-pop com toques sombrios e nostálgicos. O clipe da canção foi dirigido por Senay Berhe, que começa o vídeo focando o rosto da cantora, que canta iluminada por diferentes cores e em um ritmo que acompanha as batidas da música. Aos poucos, vemos que a artista está deitada com outras garotas, que fazem uma coreografia intrigante vista de cima.

nonono

NONONO é mais uma dessas surpresas deliciosas que a gente tromba na internet. O trio, que conta com todos os elementos exigidos pra entrar no hall da fofura, só podia vir da Suécia, terra onde surgem tantos artistas bons que ignora-se a necessidade de falar sobre. Stina Wäppling é a compositora e cantora, e Astma & Rocwell são a dupla de produtores que se arriscam com vários artistas. E o mais legal de tudo, além de encontrar a banda por acidente, é depois ligar os pontinhos e descobrir que eles já trabalharam com nomes como Icona Pop e Beatrice Eli, artistas já conhecidos por nossos leitores. Apesar desta aqui ainda não ser tão conhecida, a banda já tem contrato fechado com a Warner da Suécia, e já está preparando seu álbum de estréia.

O que nos deixa um pouco intrigados é que sempre que surgem essas novidades da Escandinávia, elas já vêm acompanhadas de clipes mega-produzidos e toda uma aura de “meu deus mais uma banda para se apaixonar!” logo de cara. “Pumpin Blood” acabou de sair do forno e ao invés do que o nome da banda indica, nossa primeira audição já nós faz rebater com um grito de YESYESYES! Os assobios, que são quase um instrumento patenteado pela Suécia, não poderiam deixar de estar presente, dando personalidade e embalo para a música. Acompanhado de uma bateria super ritmada, de infinitos elementos de percussão e camadas, a voz de Stina dança entre um grave quase sexy, e um estridente espetacular no refrão pop pegajoso. Tudo muito fresco e jovial. Temos agora mais um motivo para querer morar em Estocolmo.

NONONO – Pumpin Blood

beatrice1

A sueca Beatrice Eli foi apresentada aqui no blog em 2012 com seu single “The Conqueror”, mas só retornou este ano, em fevereiro, com maiores notícias de um novo lançamento. Seu primeiro EP, It’s Over, foi lançado no último dia 24 e segue os passos já demonstrados nos single lançados, sendo a próxima música promocional, “Violent Silence”, mais uma boa amostra do registro.

Nem tão descontraída quanto “It’s Over” e menos grandiosa que “The Conqueror”, “Violent Silence” se estabelece como um pop sombrio de produção calculada e refrões eficazes, que prendem sua atenção pela honestidade dos vocais de Eli. A falta do carisma e da inventividade que permeiam os lançamentos de suas conterrâneas trazem mais semelhanças a uma Jessie J do que a uma Robyn, mas apesar do lançamento um tanto ordinário, se você gosta de sua típica canção pop de composição grudenta e vocais femininos, terá pouco do que reclamar da nova música da cantora.

Beatrice Eli – Violent Silence

tumblr_mc3ym22qb01rptoe2o1_1280

Em janeiro – do ano passado – avisamos aqui no blog sobre a Beatrice Eli, cantora sueca que parecia promissora mesmo com um único single, “The Conqueror”, que nos encantou com seus batuques, vocais emocionados e um refrão matador que os suecos dominam como ninguém. Desde então, Beatrice Eli se mudou para Nova Iorque para gravar algumas músicas que, acredite em nós, certamente serão sucesso, mas foi só agora, mais de um ano depois, que ela resolveu dar notícias oficiais sobre seu próximo lançamento.

Seu primeiro EP, It’s Over, que também trará “The Conqueror” como um das suas quatro faixas, apresenta sua canção título como novo single, e chega como uma amostra completamente diferente do potencial da cantora. Desta vez deixando o clima sombrio da canção anterior de lado, o single traz seus vocais característicos sobre riffs de guitarra e batidas menos densas, mais relaxadas, que flertam com o hip-hop e nos levam até a época de ouro da Nelly Furtado. A letra, que comanda o ouvinte a se libertar e escapar dos problemas (mensagem muito bem transmitida pela festa do video), também nos faz imaginar como seria uma música escrita pela Lily Allen e produzida pelo Timbaland.

Beatrice Eli – It’s Over

O novo EP de Beatrice, It’s Over, chega no dia 24 de março no Reino Unido.