Archives For best coast

.

Os britânicos Elizabeth Sankey e Jeremy Warmsley formam o Summer Camp, duo que já lançou o álbum Welcome To Condale, em 2011, e se prepara para o lançamento do disco Summer Camp, previsto para 9 de setembro. A divulgação do novo trabalho começou com a música “Fresh”, que já tinha um adorável lyric video e agora possui um clipe oficial. Assim como os clipes de “Losing My Mind”, “Always”, “Down” e “Better Off Without You”, o novo clipe tem uma produção primorosa, que retrata o frescor da faixa. Lucy Needs ficou encarregada da direção, utilizando um visual bastante colorido e efeitos de filmagem ao contrário, com a vocalista brincando com as pétalas de uma rosa. O clima da canção é bem ensolarado, em decorrência de vocais suaves, guitarras, sintetizadores, violinos e outros sons que remetem a grupos como Best Coast, Smith Westerns e Is Tropical. Embarque na vibração do Summer Camp e relembre também o seu primeiro amor.

WARDELL

Não é todo dia que falamos de irmãos talentosíssimos no mundo da música cujo pai é o Steven Spielberg, né? Nos referimos ao duo Wardell, formado por Sasha (filha de Spielberg com a atriz Kate Capshaw) e Theo, que foi adotado pelo casal. Há dois anos eles postaram a primeira (e única) música em seu Soundcloud, “Opossum”, mas como ficaram sem dar notícias, muita gente achou que eles tivessem desistido do projeto. Na última sexta-feira, entretanto, eles repostaram a faixa e anunciaram um primeiro EP, Brother/Sister, para o dia 3 de junho. E não se engane, apesar da dupla de Los Angeles só contar com este primeiro single, eles já foram conversa da NME e se apresentaram no requisitado SXSW, despertando ainda mais ouvidos para a novidade.

O falatório incial em torno do Wardell pode até ser justificado pelo pai famoso que possuem, mas suas qualidades vão muito além disso. Neste primeiro single, “Opossum”, logo de imediato somos presenteados com solos de guitarra deliciosos, um teclado imprescindível no background – que logo torna-se mais presente -, e com os incríveis vocais da Sasha, que nos remetem a uma Lana Del Rey cantando uma música do Best Coast. Entretanto, enquanto as canções de Bethany Cosentino e companhia possuem menos de três minutos e uma estrutura óbvia que te fisga logo de primeira, “Opossum” encanta por revelar seus instrumentos e principalmente sua melodia aos poucos, atingindo seu ápice na casa dos 2:30, quando um encontro harmônico de todos os instrumentos da produção unem as forças para apresentar o poderoso refrão, provando que o talento da família Spielberg não foi destinado apenas para o cinema.

Wardell – Opossum

OK, agora acho que você já parou de rir do nome da banda e está pronto para a bomba de informação sobre ela: parafraseando um pouco o delicioso DJ Cremoso, esse grupo, na minha humilde opinião, é a “maionese do indie” atual. Eles estão no seu terceiro álbum, não passam de 170 mil listenings no Last.fm, são do México, fazem um som com dimensões gigantescas, estão em tour com o Built to Spill e Ra Ra Riot, e para o seu último CD, assinaram com a legendary gravadora Arts & Crafts, casa de outras coisinhas como Feist, Metric, Stars, Final Fantasy e Broken Social Scene. Pois é, e eles são muito bons.
.
Para o seu terceiro disco Tre3s, que é lançado oficialmente agora em Agosto no México, e a partir de 2011 no resto do mundo, eles cairam de vez na graça do produtor David Newfeld (Broken Social Scene, Los Campesinos!, Super Furry Animals, Apostle of Hustle) com quem já haviam feito pequenas parcerias nos seus outros álbuns, e produziram um disco pop muito perto do perfeito. O som, a primeira reação, lembra um pouco o garage noise do Best Coast ou The Pains of Being Pure at Heart, mas com as mesmas proporções do Broken Social Scene, com o ritmo bem acelerado e cheio de instrumentos que lembram o seu debut. Para divulgação do disco, eles soltaram na sua página oficial duas músicas (Tired e All I Need’s A little More) que eu ponho aqui pra ouvir, e deixo pra download a minha preferida do álbum, a The Pause, que pra quem curte o BSS, vai lembrar de uma mistura de Windsurfin Nation com Almost Crimes. Se gostar da banda, pode baixar o álbum completo aqui na barra lateral.
.

Em mais um ato de propaganda, a Converse reuniu novamente três artistas da cena alternativa para bolar uma nova música do zero. Ano passado tivemos a colaboração entre Santigold, Julian Casablancas e N.E.R.D, com mixagem feita pelo Pharrel, mas o resultado foi bem aquém do esperado. Esse ano, é a vez de Kid Cudi, Rostam (guitarrista do Vampire Weekend e produtor/vocalista do Discovery) e Best Coast, uma incrível banda que faz um som bem californiano que postarei em breve. A produção dessa vez, fica por conta do Rostam, que pega emprestado um pouquinho das duas bandas para criar a All Summer, que ficou bem legal, e muito melhor que a primeira tentativa da Coverse. Os versos ficam por conta de Kid Cudi e o refrão, bem pegajoso, por conta da vocalista do Best Coast. Para ver os bastidores da gravação ou baixar a música, basta entrar no site da Converse.

♫ Kid Cudi, Rostam & Best Coast – All Summer