Arquivos para CHVRCHES

.

O EP Broods possui várias músicas que ressaltam o talento dos irmãos Georgia e Caleb Nott, que formam o duo Broods. Com uma produção de invejar muitos artistas iniciantes, o debut da dupla neozelandesa mescla uma pegada pop cheia de synths com os vocais delicados dos irmãos, que podem cair no gosto dos fãs de grupos como CHVRCHES e Au Revoir Simone. Depois da música “Bridges”, é a vez de “Never Gonna Change” ganhar um videoclipe. O diretor Remi Weekes soube aproveitar bem o clima sutil da música para criar uma atmosfera de fantasia para a história de um cara que volta para sua amada depois de imergir de um lago, mas a água continua pingando do corpo e afetando tudo ao seu redor.

_MGL2466

O quarteto estoniano Kye Kye – atualmente baseado em Camas, Washington – vem conquistando fãs desde 2011 com o seu primeiro álbum, Young Love, que contou com algumas músicas utilizadas em comerciais e filmes. Liderada pela vocalista Olga, a banda é também formada por mais dois de seus irmãos (Timothy e Alex Yagolnikov), além do seu marido, o baterista Thomas Phelan.

Recentemente, Olga afirmou que, na opinião da banda, “criar música traz à tona as emoções que existem dentro deles”. Deve ser por isso, portanto, que ficamos apaixonados logo de cara por “Honest Affection”, o primeiro single do novo álbum do quarteto, Fantasize, previsto para janeiro de 2014. Vocais adocicados – que parecem, de fato, vindos do fundo da alma – contracenam com um sintetizador para ninguém botar defeito (além de um sino que faz toda a diferença no background), culminando numa espécie de encontro entre os vocais sonhadores do Say Lou Lou com os sintetizadores energéticos do CHVRCHES.

Kye Kye – Honest Affection

.

Mesmo tendo lançado apenas uma música até agora, o duo Cardiknox já provou que tem capacidade para criar um som contagiante e único. As batidas eletrônicas de “Hold Me Down” deixam a canção praticamente pronta para fazer sucesso nas pistas de dança. Soando como uma espécie de versão mais selvagem de Icona Pop, The Kills, Kate Boy e CHVRCHES“Hold Me Down” funciona como um desabafo cheio de energia, em função da ferocidade dos vocais. No videoclipe da canção da dupla formada por Lonnie Angle e Thomas Dutton, é possível ver as silhuetas dos dois músicos e de dançarinas, cujas imagens são sobrepostas e iluminadas por luzes de diferentes tonalidades.

.

Formado por Annie Hart, Erika Spring Forster e Heather D’Angelo, o Au Revoir Simone pretende lançar seu 3º álbum em setembro. Denominado Move In Spectrums, o CD deve tornar o grupo ainda mais pop, se levarmos em consideração o single “Somebody Who”, que possui uma graciosidade encantadora, graças à harmonia entre os vocais suaves e as batidas eletrônicas, parecendo uma combinação entre Postiljonen e CHVRCHES. O videoclipe foi dirigido pela dupla HARRYS, que fez um trabalho primoroso ao filmar um casarão de forma tão majestosa que o cenário acaba virando uma espécie de personagem do clipe. Outro atrativo é a maneira como o trio originário do Brooklyn se move e se posiciona no local, garantindo um efeito imersivo devido aos ângulos da câmera.

.

Depois de “Gun”, é a vez de “The Mother We Share” ganhar um videoclipe excelente. Sim, trata-se de uma música do CHVRCHES divulgada no ano passado, mas ela é tão agradável que ninguém vai se importar de ouvir novamente a canção, que também estará em The Bones Of What You Believe, debut agendado para 23 de setembro. Dirigido por S.J. Lee, o novo clipe exibe Iain Cook, Martin Doherty e a vocalista Lauren Mayberry tocando a música de maneira confiante, enquanto uma jovem solitária e triste perambula pela cidade. Além de um visual bastante sofisticado e repleto de sobreposições quando o trio de Glasgow aparece, o clipe destaca-se pela forma como a presença da jovem se conecta com o grupo e com a cidade, gerando um belo espetáculo visual.

Cardiknox-620x400

Se você gosta do seu pop um pouco mais agressivo do que o normal e está enjoado daquelas cantoras com voz fofa e zero de atitude, prepare-se para conhecer uma das maiores surpresas de 2013: Cardiknox. Formado pela dupla Lonnie Angle, com boas habilidades de piano, e Thomas Dutton, que tem um pé no punk devido às suas inúmeras bandas anteriores, o duo combina suas contraditórias influências pra dar vida a um electro-pop energético e urgente, que nasce sob a forma do primeiro single, “Hold Me Down”.

Se o Icona Pop saísse do mundo dos sonhos (e das festas) e voltasse com a atitude explosiva e debochada de “I Love It”, provavelmente o que teríamos seria algo próximo de “Hold Me Down”, com sintetizadores e uma produção eletrônica que passeiam por influências como Kate Boy e CHVRCHES, trazendo também aquela mesma atitude badass de uma Robyn ou de um Crystal Castles da vida. As batidas pulsantes não abrem espaço para descanso, servindo de base para Angle proclamar aos berros um grito de guerra sobre reivindicar o que é de seu direito e nunca se sentir reprimido, com direito a um refrão feroz que faz jus à composição e culmina em um synth-pop que aprende tanto do punk quanto de produções moderninhas.

Cardiknox – Hold Me Down

.

Pouco depois de divulgar o single “Gun”, o CHVRCHES disponibilizou o clipe da música, que fará parte do álbum de estreia do trio escocês, que já lançou o Recover EP no começo do ano . Se as outras canções forem tão pegajosas e interessantes quanto “Gun”, o disco The Bones Of What You Believe (previsto para setembro) poderá ser um dos melhores do ano. O caleidoscópico vídeo consegue captar a jovialidade do grupo, que aparece em imagens que se dissolvem e se transformam em inúmeras figuras, devido a efeitos que formam um visual psicodélico.

 

Página 1 de 212