Archives For Cover

Cover Me – Vol. VI

Luis Felipe —  31/01/2011 — 1 Comment

Estava esperando justamente por um terceiro cover legal aparecer, até que recebo um email da equipe da Oh Land, me apresentando o mais novo cover da cantora, justamente um do Fleet Foxes, que acaba de lançar um single novo. Sem demoras, também temos aqui um cover novíssimo do Gobble Gobble para a viciante “Nikki” do The Dream, e uma versão electro-rock para “Whip My Hair” (que achei lá no ótimo QDNG!).

Oh Land – White Winter Hymnal (Fleet Foxes Cover)

Falamos do Fleet Foxes hoje, e por coincidência, a sensação pop de 2011 Oh Land já estava cantando esse cover da banda em alguns dos seus shows ao vivo, até que sua própria equipe me enviou hoje com exclusividade a versão em estúdio da faixa! O folk rock dos caras ganham um toque electro pop característico da cantora, numa versão ligeiramente mais agitada graças a uns batuques afro-pop. Misture a voz angelical de Nanna Fabricius e está pronto, o primeiro e maravilhoso single do grupo ganha uma nova roupagem, e que arrisco dizer, fica ainda mais encantadora que a versão original. Clicando aqui, você ainda assiste à gravação da faixa na Newtown Radio.

Oh Land – White Winter Hymnal (Fleet Foxes Cover)

.

Gobble Gobble – Nikki (The-Dream Cover)

Falei do projeto paralelo do Gobble Gobble aqui semana passada, e consegui fazer com que alguns novos leitores ainda entrassem na febre da banda, que anda sem lançar algo novo há um tempinho. A maior novidade, entretanto, é esse ótimo cover da música mais pegajosa do The Dream, “Nikki”. Mesmo que você não conheça a original e ainda não tenha se viciado pelo seu refrão, prepare-se pra ter sua mente infectada por esse cover, que é uma das produções mais limpas (mas não menos complexas), dessa excelente banda de synth-pop, que a cada lançamente te faz ouvir um som que você nunca nem imaginou que existisse.

Gobble Gobble – Nikki (The-Dream Cover)

.

Skull Tape – Whip My Hair (Drowning In Blood) (Willow Smith Cover)

É uma pena que tanta gente ainda olha torto pra Willow Smith e seu viciante single “Whip My Hair”, que chegou quase como uma piada até parar em metade das baladas alternativas do país. O Skull Tape, entretanto, transforma o hit bate-cabelo num electro-rock infinitamente mais adulto que a versão original, que ainda inclui sons de tiro, sangue e uma parte totalmente nova (que começa nos 3:00), com uma melodia que poderia se encaixar bem nos Body Talk da Robyn. O conjunto é uma faixa que promete conquistar até quem não gosta da original, e que nos deixa ansiosos para ouvir mais dos caras.

Skull Tape – Whip My Hair (Drowning In Blood) (Willow Smith Cover)

.

A seção de cover está de volta, quem sentiu falta? Ouçam dois covers quentíssimos, e um do ano passado, o de “D.A.N.C.E,” mas o melhor na minha opinião!

.

Everything Everything – What’s My Name (Rihanna Cover)

Tem como falar de covers sem citar o famoso programa Radio 1 da BBC? Pra completar a tradição de covers inusitados, o Everything Everything resolver dar uma roupagem mais roqueira à música mais classy da Rihanna, “Whats My Name”. Eu sinceramente ainda não enjoei da versão original, e enquanto o vocal estridente da banda não se encaixa tão bem quanto o  suave da Rihanna, os caras mandam bem, e chamam até uma outra cantora para ajudar nas partes mais difíceis. Então ouve aí e mate sua curiosidade, só não fique surpreso se se sentir um pouquinho decepcionado.

Everything Everything – What’s My Name (Rihanna Cover)

.

Telephoned – All Of The Lights (Kanye West Cover)

O Telephoned já é expert em covers. Esse duo que apareceu na edição de covers passada fazendo um cover do Yeasayer, volta aqui com uma versão não-tã0-legal do maior-futuro-hit do Kanye West, “All Of The Lights”. Mandando embora Rihanna e os outros 10 convidados, a banda ainda adiciona batidas que lembram o funk carioca e leves sintetizadores, além de colocar o doce vocal da “house diva” Maggie Horn para ficar repetindo o refrão. O resultando não é tão bom quanto o outro cover ou o primeiro single da banda, que você também já ouviu aqui, mas vale pela intenção.

Telephoned – All Of The Lights (Kanye West Cover)

.

Hawa – D.A.N.C.E. (Justice Cover)

O melhor, disparado, cover dessa edição, Hawa e seu gingado soul soa como se a Amy Winehouse resolvesse incluir um cover do hit do Justice em seu novo disco. Um soul com cara de atual, embora tenha sido lançado no começo do ano passado, as batidas electros moderninhas do duo francês são substituídas por arranjos vintages que tranformam a música no maior clássico dos anos 2000 que poderia ter sido lançado nos anos 70. Vale a pena baixar, ouvir, e se apaixonar de novo pela música.

Hawa – D.A.N.C.E. (Justice Cover)

.

Weezer – Unbreak My Heart (Toni Braxton cover)

Você pode gostar de rock, pop, hip-hop ou o que for, agora você já ouviu “Unbreak My Heart”, uma canção tocada milhões de vezes em rádios, filmes e casamentos, que por si só deve espantar muita banda de rock. Menos o Weezer.  Tirado do novo álbum de raridades dos caras, o Death To False Metal, a música ganha aqui todo aquele ar power-pop que conhecemos da banda, e embora não tenha nenhuma grande surpresa, a faixa não chega a ser tão ruim quanto aparenta ser. Adicione a sinceridade sem ironia do vocal do Rivers Cuomo (que realmente adora a original e adorou sua versão), e está aí um cover que merece ser ouvido pelo menos uma vez.

♫ Weezer – Unbreak My Heart (Toni Braxton cover)

.

Cocknbullkid – Shampain (Marina & the Diamonds Cover)

Depois de apresentar a querida Cocknbullkid nesse post, nunca mais falei dela, que até lançou um single novo mas nem me agradou muito. Mas aqui está ela novamente, com um cover bonitinho de Shampain, produzido e tudo mais, com novos efeitos, uma guitarrinha, um baixo e uma percussão agitada. O ar elétrico de Marina é susbtituído por um mais calmo aqui, nesse que não é o melhor cover que você já ouviu na vida, mas pelo menos é o melhor que já ouvi da Marina & The Diamonds.

♫ Cocknbullkid – Shampain (Marina & the Diamonds Cover)

.

Friendy Fires – Strangelove (Depeche Mode Cover)

Eu quero e MUITO um CD novo do Friendly Fires, e enquanto já até tivemos uma música nova esse ano com o Azari & III, nada de notícias do novo disco. Enquanto aguardamos o mesmo, ouçam aqui um cover de “Strangelove” do Depeche Mode, gravado em estúdio pelos caras para uma propaganda da Gucci. Recriar a música seria algo fácil, mas os caras aqui dão uma nova interpretação à ela, e embora não seja a coisa mais feita para as pistas que a banda já fez, deve agradar a quem curte tanto o Friendly Fires quanto a banda original.

♫ Friendy Fires – Strangelove (Depeche Mode Cover)

.

Os meus remixes e covers favoritos são geralmente aqueles que se arriscam mais, que tentam de alguma forma mudar a perspectiva que temos sobre a original, e mesmo não conseguindo superá-las, consegue agregar um novo valor à mesma. São exatamente por esses motivos que estão aqui abaixo 3 covers que vão entrar como alguns dos meus favoritos do ano, e digo logo que o que têm de curtos (o maior tem 2:40), têm de criativos.

.

Rockapella – A-Punk (Vampire Weekend Cover)

“A-Punk”, uma das minhas músicas favoritas de uma das melhores bandas a sair nos últimos anos, ganha aqui uma nova roupagem. Se a original já tinha um quê de batidas africanas, este cover é praticamente um passeio à selva do Rei Leão. Se você reparar, pode ouvir até uns pedaços da trilha sonora do filme cantados ao fundo da música, que não tem a velocidade e o agito da original, mas mantém o ritmo sem deixar tudo lento demais. É um cover divertidíssimo, com um baixo delicioso, que vai fazer você lembrar o quanto ama essa faixa.

♫ Rockapella – A-Punk (Vampire Weekend Cover)

.

Telephoned – O.N.E. (Yeasayer Cover)

O Telephoned é esse duo que você acima,que na verdade estavam ano passado abrindo simplesmente para o Chromeo. Aqui, eles pegaram um dos hinos indies do ano, “O.N.E”, com toda a sua aura de balada anos 80, que ganha aqui os vocais do grupo e batidas menos dançantes, mas não menos atrativas. Em uma versão mais relaxada e mais soul, a música que só fica no refrão só peca por ser curta demais, mas prometo que cada segundo valerá a pena. Nada comparável com a original, é claro, mas é uma boa música para sua playlist de verão enquanto toma um drink refrescante.

♫ Telephoned – O.N.E. (Yeasayer Cover)

.

Jump Clubb – Futile Devices (Sufjan Stevens Cover)

Mas… já? Sim, postamos alguns dias atrás essa faixa do “Age of Adz” um dos grandes lançamentos do ano e já temos um cover pra ela. Se na verdade tinhamos a música como a única que lembrava o passada de Sufjan e sem toda a produção louca que está por todo o disco, nesse cover a história muda. Com sintetizadores, batidas fortes e palminhas, a música ganha um novo ar, com o vocal lo-fi do Jump Clubb, que acompanha a estrutura da música igual a original, até ao soltar o belo refrão só no finalzinho. Esse é daqueles covers que conseguem competir de peito a peito com a original.

♫ Jump Clubb – Futile Devices (Sufjan Stevens Cover)

.

Shakira – Islands (The XX Cover)

Postamos uma versão ao vivo desse cover a um tempinho atrás, mas acaba de sair essa faixa completa e em su versão de estúdio, que saiu como faixa bônus do novo CD da Shakira (sim, aquele de “Loca”), Sale El Sol. Sem muitas surpresas, o cover mantém as guitarras e o baixo da versão original, mas aumentando as batidas, conseguindo com muito pouco transformar a música na cara da Shakira. Pessoalmente eu gostei do cover, e acho que vai ajudar a levar o The XX para gente que nunca imaginou que fosse ouvir a banda.

♫ Shakira – Islands (The XX Cover)

.

Pixie Lott – Forget You (Cee-Lo Green Cover)

Bem, axo que já ouvi uns 5 covers de “Fuck You”, mas esse é o primeiro que ouço em sua versão censurada, “Forget You”. É claro que isso é o que se poderia esperar de Pixie Lott, sensação teen-britânica que fez alguns hits por lá, mas que aqui resolver mexer na já-clássica música de Cee-Lo. Com um ar mais acústico, a garota até soa entusiasmada cantando o refrão, mas como disse, a música é pra ser cantada em sua forma original, seja no seu iPod, em casamentos ou em festas de igreja. Não faça mais isso, Pixie!

♫ Pixie Lott – Forget You (Cee-Lo Green Cover)

.

Silver Swans – Anyone’s Ghost (The National Cover)

Incrivelmente, não estamos vendo muitos covers do High Violet por aí, a nova obra prima do The National. Mas é claro, se for mexer pra ficar ruim, melhor deixar quieto. Felizmente, não é o que acontece com o duo Silver Swans de São Francisco. De certa forma, “Anyone’s Ghost”, que já era uma triste canção de rock com delicadas sinfonias, fica ainda mais sombria aqui, onde o duo coloca poucas batidas, mas que vão ganhando forma aos poucos, chegando a ser bizarramente sensuais no final.

♫ Silver Swans – Anyone’s Ghost (The National Cover)

.

Vou começar este post de uma maneira diferente. Quando conheci o Ou Est Le Swimming Pool, foi com a incrível “Dance The Way I Feel”, e já com a certeza de ser um hit certeiro nas pistas e tudo mais. Procurei saber mais sobre esse trio inglês e fui surpreendido com a notícia de que o seu vocalista Charles Haddon teria cometido suicídio durante um festival na Bélgica. Notícias assim, na verdade, sempre me chocam. O grupo estava prestes a lançar o seu primeiro disco, entitulado The Golden Age quando todo mundo recebeu a notícia da morte. A banda estava em turnê com a La Roux, que ficou chocada com tudo o que aconteceu e ofereceu alguns de seus shows em homenagem aos integrantes do grupo. O Frankmusik, da certeira “Confusion Girl”, chegou até a fazer um cover completamente emocionado e triste do hit que citei acima.

Uma pena, pois o trio fazia um synthpop delicioso, e não tem como parar de ouvir o recém vazado The Golden Age. Certamente teriam uma carreira promissora, e muito trágico que tudo tenha acabado assim. Triste conhecer uma banda, baixar o disco e saber que não poderá de forma alguma ver seu show em sua formação original. Ouça o hit do grupo logo abaixo, e logo após escute também o belo cover do Frankmusik pra faixa.

♫ Ou Est Le Swimming Pool – Dance The Way I Feel

+[BONUS] Frankmusik – Dance The Way I Feel (Cover)

Katy Perry – Electric Feel (MGMT Cover) (Blood Bats Bootleg)

Esse cover da Katy Perry já saiu tem um tempinho, mas o Blood Bats fez uma coisa diferente aqui: pegou a voz de Katy, colocou sobre o ritmo da versão original e ainda mudou alguns detalhes mínimos na música. Os arranjos da versão acústica da cantora se misturam perfeitamente com as batidas da original, transformando o cover em praticamente um novo take do hit do MGMT. Coloque a faixa como “bonus track” do Teenage Dream e tenha a melhor música da Katy Perry.

♫ Katy Perry – Electric Feel (MGMT Cover) (Blood Bats Bootleg)

.

Clare Burson – We Used to Wait (Arcade Fire Cover)

Já postamos um cover do The Drums para uma das melhores músicas do The Suburbs, mas cá entre nós, ficou tudo bem previsívil. Não que este cover aqui da Clare Burson seja melhor que o original (nenhum jamais será), mas que ele é mais ousado isso não podemos negar. O cover arrisca numa versão mais country da música, e tem a até então desconhecida cantora usando sua bela voz para fazer as mesmas harmonias vocais que Win e sua trupe. Vale a pena ouvir.

♫ Clare Burson – We Used to Wait (Arcade Fire Cover)

.

Little Girls – 10 Mile Stereo (Beach House Cover)

A banda de post-rock Little Girls fez o esperado aqui, um versão post-rock de uma das mais belas músicas do Teen Dream, vale ressaltar, um dos meus discos favoritos do ano. Se não conhece a banda, imagine toda a bagunça do No Age, mas com uma veia mais melódica. De qualquer forma, o cover obviamente chega como uma das mais pops do grupo, mas que não deixa de adicionar algumas cicatrizes à doce música do Beach House.

♫ Little Girls – 10 Mile Stereo (Beach House Cover)

.

Chiddy Bang – Don’t Worry Be Happy (Bobby McFerrin Cover)

Não sei se é só eu, mas a lembrança que tenho desta música é daqueles peixes americanos de brinquedo que se desdobram e começam a assoviar a música. Se você conseguiu identificar a canção que estou falando agora, vai ficar surpreso com o que Chiddy fez aqui. Na verdade, nada surpreendente. Samples de música famosa mais os raps de Chiddy, até aí ok, mas o fato mais curioso foi saber que a música foi inteiramente feita ao vivo, após alguns leitores terem dado alguns tópicos pro rapper falar sobre, misturando tudo num freestyle animal. Se quiser, pode conferir o vídeo todo aqui.

♫ Chiddy Bang – Don’t Worry Be Happy (Bobby McFerrin Cover)

.

Kylie Minogue – Wonderful Life (Hurts Cover)

A canção mais bonita de suicído acaba ganhar um cover de Kylie. Após ter uma de suas próprias músicas regravadas pelo Hurts, a cantora resolveu retribuir o gesto gravando o maior hit do duo. O resultado é o esperado, a canção ganha arranjos mais acústicos e fica simplesmente maravilhosa com o vocal da Kylie, e nos deixa na vontade de ouvir uma versão mais completa produzida pela moça.

♫ Kylie – Wonderful Life (Hurts Cover)

.