Archives For curta metragem

E o cara fez de novo. Depois do brilhante porém curto clipe de “Power”, Kanye West nos traz um video-clipe de nada mais, nada menos que 35 minutos. É bem provável que você já tenha visto links e mais links para ver o vídeo, mas eu sei que a duração do vídeo assusta, e sei também que tem muita gente que ainda não teve paciência de ver ainda. Então cabe a mim te recomendar mais uma vez: pare o que estiver fazendo e assista agora a esse vídeo. Todos nós já ouvimos “Runaway”, o novo single do cara, e sabemos também que o My Dark Twisted Fantasy chega agora em Novembro, mas o que o cara fez aqui vai te deixar surpreso. Cheio de efeitos especiais (alguns fantásticos, outros nem tanto), uma fotografia belíssima e uma direção de arte de dar inveja, o vídeo por si só é um espetáculo a parte, mas o que me comprou aqui foi, mais uma vez, a música.

Selita Banks em Runaway

Selita Ebanks em Runaway

Basicamente, Kanye fez um “minimix” do seu novo álbum aqui, com bons minutos de cada canção (e 7 belos minutos dedicados à “Runaway” especificamente), que juntos além de dar o tom ao curta, contam a história de um “amor impossível”. O lance é que nenhuma das nove faixas mostradas aqui são chatas, pelo contrário, algumas são uma das melhores que já ouvi esse ano, e até mesmo algumas músicas do G.O.O.D. Fridays como “Devil In A New Dress” soam melhores aqui, seja pelo contexto ou pela produção melhorada. Espere só até você ouvir “All of the Lights”, com a Rihanna, acompanhado por uma sequência de fogos de artifício sob uma parada carnavalesca, ou até mesmo o emocionante finale com “Lost In The World”, com o Bon Iver, que você vai entender o que estou falando.

A coisa aqui é grandiosa, e só te deixa na vontade de ouvir o álbum completo. Uma bela jogada de marketing ou um extravase do ego de Kanye, que é o próprio diretor aqui, seja o que for, o cara elevou o jogo mais uma vez, e na história moderna dos video-clipes, eu pelo menos nunca vi um projeto tão ambicioso e milimetricamente produzido. Assistam sem pausar o vídeo acima, e fiquem com a emocionante “Lost In The World”, uma nova versão de “Woods”, do Bon Iver.

♫ Lost In The World (Feat. Bon Iver)

Parece que a próxima música do Kanye não vai precisar da Beyoncé para fazer sucesso. Runaway, o segundo single oficial do cara, foi lançado ontem no VMA, numa performance belíssima que você pode ver aqui, mas garanto que não faz jus a versão do disco, vazada hoje. Se as músicas que já sairam até agora e os vazamentos dos b-Sides da G.O.O.D. Fridays são alguma indicação, podemos confirmar que Kanye sem dúvidas está em sua melhor fase. Com a já marcante frase no refrão, “vamos brindar aos otários“, é assim que o rapper canta (sim, ele canta bastante nessa aqui!) como continua fazendo burrices em seus relacionamentos, mandando as garotas simplesmente fugirem dele. Com uma hipnotizante e impecável produção, temos aqui uma mistura entre as batidas do 808s & Heartbrak e seus versos old-school, resultando numa canção que certamente virará referência para os futuros trabalhos do cara. Enquanto aguardamos o álbum, o Dark Twisted Fantasy, curta a música e veja o trailer para seu vídeo, que está sendo divulgado na verdade como um curta-metragem. Se a Lady Gaga pode, quem disse que o Kanye não pode?

♫ Kanye West – Runaway (Feat. Pusha T)

[Via]

Spike Jonze virou um dos meus cineastas favoritos ao incluir uma música do Arcade Fire no trailer de Onde Vivem Os Montros, e o filme, apesar de não ser extraordinário, combina perfeitamente com o clima da banda. O próxima trabalho do cara, o I’m Here em questão, é um curta bem bonito sobre uma paixão robótica. E o que tem a ver com música, você me pergunta? Além merecer ser assitido por si só, a trilha sonora do curta inclui algumas bandas favoritas como Girls, of Montreal, Sleigh Bells, Animal Collective, Yeah Yeah Yeahs, dentre outros. Quer ver como ficou o filme? Corre lá no site do diretor agora e veja o curta completo. Para não falar que o post não tem nada relacionado à música, ouçam a roqueira The Past is a Grotesque Animal, do of Montreal, presente na trilha.

♫ Of Montreal – The Past Is A Grotesque Animal