Archives For Haim

.

É fácil uma canção sensual como “Touch” cair na armadilha de ter um clipe apelativo, porém, Shura soube expressar a sensualidade de sua música de estreia com muita sutileza. Junto de Ammr Khalifa, a artista dirigiu o videoclipe de seu primeiro trabalho solo. No vídeo, diversos casais aparecem se tocando e trocando beijos. Mais do que as carícias, os olhares e sorrisos antes dos momentos de intimidade com outra pessoa são salientados pela câmera, servindo como ótimo pontapé para a divulgação do trabalho da cantora, que soa como uma mistura de Haim, Jessie Ware, Chela e Laura Welsh.

.

O trio HAIM dispensa apresentação, pois o disco Days Are Gone tem feito a cabeça de muita gente desde que foi lançado. Após a divulgação das músicas “Falling” e “The Wire”, chegou a vez de “If I Could Change Your Mind” ganhar um clipe excelente. As irmãs Alana, Danielle e Este aparecem tocando, cantando e dançando uma coreografia que pode ser facilmente colocada em prática, com direito a jogadas de cabelo, batidas de palmas e olhares penetrantes. Quem dirigiu o vídeo foi Warren Fu, que soube utilizar bem a fotografia quente de Fatima Robinson para dar um ar ainda mais animado ao material.

original

A novíssima Fickle Friends, de Brighton, vai dar o que falar a julgar pelo seu primeiro single, “Swim”. Nesta primeira música, o quarteto se enquadra sonoramente dentro desse notório movimento de bandinhas que estão sempre “de bem com a vida”, como o Mausi e o Grouplove, contagiando os ouvintes já na primeira audição.

Logo no início da faixa, os sintetizadores retrôs nos fazem lembrar o Neon Indian, mas é a seguir, a partir do inspirador vocal de Natassja Shiner e dos riffs de uma guitarra funky simplesmente apaixonante, que a música mostra a sua verdadeira essência e nos conquista de vez, soando como uma espécie de mistura entre a felicidade do Alphabeat e as batidas marcantes do Haim. Com a dose perfeita de como fazer música pop de qualidade, os ingleses mostraram através de “Swim” que sabem exatamente a receita de como produzir um single para o verão ou para qualquer pool party que se preze. Pode mergulhar de cabeça.

Fickle Friends – Swim

.

A letra de “The Wire” revela o ponto de vista de alguém que decidiu terminar uma relação, mas o clipe do novo single do HAIM ganha força por destacar o outro lado da moeda, ou seja, a experiência de quem é deixado de lado quando um relacionamento acaba. No caso do clipe dirigido por Tabitha Denholmda para a contagiante “The Wire”, que estará em Days Are Gone (agendado para 30 de setembro), as artistas do HAIM são as responsáveis pelo fim de seus respectivos relacionamentos, o que gera pânico nos ex-namorados. Diferente da atmosférica “Falling” e do descompromissado “Don’t Save Me”, o novo videoclipe aposta no humor, que é garantido em função das caras e bocas das garotas e, principalmente, dos atores que interpretam os rapazes, que têm crises de choro hilárias.

ThePreaturesIsThisHowYouFeel_AliMitton_EditorialShot-sitesized_zps79e57e03

Apesar do The Preatures ser uma banda australiana formada em 2010, eles parecem mais como uma banda californiana dos anos 70, ou então, como o delicioso primeiro single do quinteto, “Is This How You Feel?”, pode sugerir, as claras influências do Fleetwood Mac com uma roupagem mais moderna traz sérias comparações com as garotas do Haim – o que não é nada mal, diga-se de passagem.

Retornando com seu segundo single do ano, que precede um EP a ser lançado posteriormente, enquanto em “Is This How You Feel?” vimos uma banda repleta de guitarras energéticas e linhas de baixo dançantes, no novo single, “Revelation”, apesar de conter os mesmos elementos retrôs da anterior, o que temos é uma balada sombria regada de blues e linhas de baixo melancólicas, coroadas com os elegantes vocais de Isabella Manfredi. Funcionando da mesma forma que “Go Slow” foi para “Forever”, do Haim, a canção mostra uma nova faceta dos australianos, misturando guitarras faroeste a um refrão impactante para criar um número sensual e melhor aproveitado com um copo de whisky do que de cerveja.

The Preatures – Revelation

Dan-Croll-InOut

Se você ainda não conhece o Dan Croll, não sabe o que está perdendo. Falamos dele no começo do ano com as deliciosas “From Nowhere” e “Compliment Your Soul”, e desde então não tivemos mais dúvidas quanto ao seu potencial. Britânico, Dan é nativo de Livepool, e vem se aventurando na musica desde o começo do ano com o lançamento do EP independente From Nowhere. A pequena amostra de cinco faixas exala referências quase nativas da terra da rainha, junto a toque de experimentalismo assinado pelo produtor Joe Wills, que propõe uma junção de elementos do rock alternativo priorizando uma atmosfera mais orgânica.

Agora pronto para materializar seu álbum de estreia, Dan nos presenteia com mais duas previas do trabalho. “In/Out” vem à frente do material e traz um redemoinho do melhor apresentado em seu EP, uma faixa mais polida e simpática que carrega uma produção ensolarada. Em uma espécie de percussão caribenha, a faixa nos leva a um caleidoscópio rítmico extremamente contagiante, que acompanha um dedilhado de guitarras a-lá Grizzly Bear com aquela energia do Vampire Weekend, com direito a sintetizadores analógicos e os vocais multifacetados do cantor, nos levando a uma verdadeira viagem.

Dan Croll – In/Out

Enquanto isso, “Can You Hear Me” caminha em sentindo oposto a todas as produções de Dan Croll, mostrando a versatilidade assídua de sua parceria com o produtor Joe Wills. A faixa busca visíveis influências na urban music e ainda sim consegue permear uma instrumentação orgânica e gloriosa. De longe nossa favorita – e eleita pelo próprio Dan como sua composição preferida no registro – “Can You Hear Me” é uma mistura surpreendente. A canção começa de forma sorrateira, mas com o decorrer da faixa somos guiados a uma produção despojada, com direito aos então conhecidos vocais fantasmagóricos do cantor em segundo plano.

Dan Croll – Can You Hear Me

Dan Croll – Can You Hear Me

Dan se encontra em estúdio finalizando os últimos detalhes do seu álbum de estreia, previsto para este ano.

HAIM – The Wire

Adriano Leite —  30/07/2013 — 1 Comment

Haim-1896420

Desde o começo do ano passado, quando apresentamos aqui o trio de irmãs californianas Haim e a sagaz “Forever”, assistir a evolução da banda e acompanhar seu desenvolvimento foi uma das coisas mais deliciosas de se ver. O sucesso das garotas é merecido, com singles como “Falling”, “Don’t Save Me” além de covers e participações especiais garantindo às meninas prêmios como o pódio do BBC Sound of 2013 e a chance de abrir os shows de bandas como Vampire Weekend, Phoenix e Florence + The Machine. E foram justamente esses shows, baseados em uma performance visceral que inclui jam sessions, improvisações e solos de guitarra que as transformaram em verdadeiras rockstars do século XXI que nos fizeram cair de amores pela banda no final das contas.

Entretanto, o problema de ter um show tão forte quanto esse é que nem sempre as versões de estúdio, finalizadas e produzidas por alguns dos maiores produtores do momento, conseguem superar as expectativas criadas pelas versões ao vivo. E como era de se esperar, é basicamente isso o que acontece no novo single das meninas, “The Wire”, que já vem sendo executado em seus shows desde os primórdios da banda, lá em 2010. Enquanto nos palcos o espírito rockstar das garotas é predominante, na versão de estúdio, produzida pelo Ariel Rechtshaid (Major Lazer, Vampire Weekend, Usher), a sensação que fica é que elas desejam uma sonoridade mais pop e moderna, ainda que mantenha boa parte da essência da original. Batidas glam-rock, harmonias vocais e versos nitidamente country servem de base para as garotas se divertirem em uma das suas canções mais cheias de atitude até então, com direito a um delicioso solo de guitarra (meio apagado nessa versão, diga-se de passagem) que aparece nos últimos segundos só pra mostrar que “hey, ainda gostamos de guitarras”. Se a Shania Twain tivesse hoje 24 anos, acesso aos produtores do momento e mais outras duas irmãs hipsters, o resultado não seria muito diferente disso aqui. E olha, não é exatamente uma coisa ruim.

HAIM – The Wire

“The Wire”, o novo single das irmãs, tem lançamento oficial no dia 23 de setembro. As garotas terminaram de gravar seu CD em Los Angeles, semana passada, e de acordo com um release que recebi, os detalhes do lançamento “são iminentes”. Como a própria “The Wire” diz, segurem os corações.