Archives For justin timberlake

.

Após o enorme sucesso de “Adorn” (vencedora de um Grammy Awards) e de um segundo single que passou sem grande destaque, Miguel lança o terceiro single do Kaleidoscope Dream. E nada melhor do que chamar um dos rappers com maior hype na atualidade, Kendrick Lamar, para um remix de “How Many Drinks?”. Miguel surge todo sério performando a música junto da sua banda, algo bem semelhante a uma versão em cores de “Suit & Tie”, do Justin Timberlake. O jogo de luzes é um dos maiores destaques do vídeo, utilizando de um grande backdrop rosado em alguns momentos. E quando chega a vez de Kendrick Lamar ele faz o que sabe de melhor, vestindo uma camiseta e um shorts, totalmente informal e diferente da proposta do vídeo até o momento. Mas quem disse que ficou ruim? A pitada de descontração só favoreceu o vídeo e nos fez reforçar a torcida pela música.

.

Nós amamos uma penca de synth-pop, mas, pelo menos neste ano, nenhum deles conseguiu soar tão grandioso dentro do gênero quanto o projeto de Jonathan Bates, Big Black Delta, e seu single “Side Of The Road” (leia a resenha da música). O melhor da história é que a canção não tenta ser pretensiosa, e é exatamente assim, na mais pura diversão, que podemos ver Bates no clipe da faixa, lançado hoje. Os sintetizadores à-la M83 da canção são acompanhados por um visual futurista e uma pista de dança que parece sair de TRON, onde o cantor arrisca passos no melhor estilo Justin Timberlake a medida que a edição é corrompida por bugs e glitches. Melhor clipe pop do ano? Possível. O ruim, entretanto, vai ser a espera até o primeiro disco do projeto, auto intitulado, que sai no dia 30 de abril pelo selo independente do músico, Masters of Bates.

Justin+Timberlake+Deluxe+Edition+Lavish+World+Experience+20

O Justin Timberlake pode ter demorado sete anos para fazer um sucessor do Futuresex/Lovesounds, mas a espera certamente valeu a pena. Transcendendo os limites do pop atual para dar vida a um ambicioso projeto, que toma de objetivo apresentar a “visão perfeita” do artista em relação à sua própria música, o terceiro disco de Justin, The 20/20 Experience, é nada menos que um experimento bem sucedido. Se você já ouviu o disco sabe o que estas palavras significam, e se, assim como nós, ficou sedento por mais, temos uma boa surpresa pra você (e não se trata do suposto lançamento da “segunda parte do projeto”, que dizem sair em novembro).

Com a chegada do disco oficial nas lojas, caiu esta semana na rede as duas faixas bônus que acompanham a versão da Target do álbum. De antemão já avisamos que, se assim como nós você está completamente apaixonado pelas 10 músicas do disco, nada aqui vai te fazer babar como elas. Dentre as novidades, “Dress On” certamente é a mais interessante, apresentando-se como uma versão mais R&B e estilosa de “Summer Love”, do Futuresex/Lovesounds, mantendo inclusive a mesma batida. Pra nossa surpresa, Timbaland ainda aparece com um rap na metade da música, que encerra com um “outro” cheio de gingado, como visto em “Strawberry Bubblegum”.

Justin Timberlake – Dress On

Justin Timberlake – Dress On

A segunda música da safra, “Body Count”, é praticamente uma irmã perdida de “Like I Love You”, o primeiro single solo de Justin. Com um gingado latino, com violões acústicos bem posicionados, a canção ainda abusa de trompetes e dos típicos vocais de Timbaland se infiltrando em diversas partes da música, declarando sua proposta mais comercial (ao contrário das outras faixas do disco). No final, “Body Count” também apresenta traços de semelhanças com “Let the Groove Get In”, do atual disco, só que sem soar tão interessante o bastante para desbancar seu lugar na tracklisting final.

Justin Timberlake – Body Count

Justin Timberlake – Body Count

Ok, a gente sabe que fomos um pouco chatos com essas duas aqui, que estão longe de serem músicas ruins, mas dado o nível de qualidade do excelente The 20/20 Experience, lançado nesta terça feira, não tínhamos como dizer outra coisa.

Depois de um tempo sumido, quase um mês, estamos de volta com o nosso Friday Mixes, em uma edição para inaugurar 2013 em grande estilo. Para celebrar a volta dos queridinhos Justin Timberlake e Destiny’s Child, achamos dois remixes fantásticos (e recentes) de dois dos seus melhores singles, “Like I Love You” e “Independent Woman”. Continuando na vibe retrô, temos uma versão espetacular e modernizada de “American Boy”, hit da Estelle com o Kanye West, e para equilibrar a “velharia”, temos ainda clássicos modernos como o AlunaGeorge, uma delícia R&B da Rihanna e o remix electro-pop da Solange que você estava esperando. Aperte o play e se divirta – o final de semana acaba de começar.

MIXTAPE: Friday Mixes 54 #REMIXED

 

Justin Timberlake – Like I Love You (Motez Remix)

az_139_Justified_Justin+TimberlakeJustin Timberlake anunciou ontem seu esperado retorno ao mundo da música, e não poderíamos estar mais felizes, principalmente quando remixes como este, do Motez, nos fazem lembrar o quão boas suas músicas solos eram. “Like I Love You”, seu excelente primeiro single, ganha nas mãos do produtor uma repaginada house no melhor estilo Azari & III, com direito a vocais ligeiramente modificados, uma batida pulsante e um drop na casa dos três minutos capaz de levantar qualquer alma viva. Um exemplo de como destruir (no bom sentido) uma pista de dança em cinco minutos.

Justin Timberlake – Like I Love You (Motez Remix)

.

Destiny’s Child – Independent Woman (SIROJ Remix)

destinys-child-love-songs-1357836812-custom-0-300x300E o Justin Timberlake não foi o único que anunciou o retorno para 2013. Apesar de ser apenas por um único single, parte de uma coletânea, o Destiny’s Child lança este mês uma nova música, e, para lembrar dos clássicos, o SIROJ deu uma repaginada em “Independent Woman” com toques de italo-disco, deixando a música mais deliciosa e dançante do que nunca, culminando na oportunidade perfeita para celebrar o retorno de Beyoncé e suas garotas.

Destiny’s Child – Independent Woman (SIROJ Remix)

.

Estelle – American Boy (Moustache Machine Remix)

tumblr_mdvjneifgt1rtk1p0o1_1353562733_coverItalo-disco é novamente a palavra da vez neste remix do Moustache Machine para “American Boy”, da Estelle com participação do Kanye West, que aqui ganha guitarras funkies, sintetizadores estilo Chromeo e uma produção toda moderninha. E o sentimento é de pura nostalgia, com batidas casando perfeitamente com os vocais de Estelle e com aquele que é um dos refrões mais icônicos da década passada. Aperte e play e prepare-se para dançar como se estivesse ouvindo pela primeira vez.

Estelle – American Boy (Moustache Machine Remix)

.

Solange – Losing You (Junior Sanchez Remix)

Solange-Losing-You04-300x300Solange nos pegou de surpresa e acabou lançando de última hora um dos melhores singles pop do ano. “Losing You” recebe agora seu melhor remix até então, pelas mãos do Junior Sanchez, que nos engana a princípio ao trazer uma introdução idêntica à original, até transformar a produção em uma daquelas com transtorno de “múltiplas personalidades”, onde as batidas mudam de ritmo a todo instante, mas sem esquecer do fundamental: te fazer dançar.

Solange – Losing You (Junior Sanchez Remix)

.

Passion Pit – Carried Away (Reich & Bleich Remix)

Passion-Pit-Gossamer1Se você está se perguntando o porquê da quantidade absurda de remixes para “Carried Away”, novo single do Passion Pit, talvez o fato de que a banda está fazendo uma competição entre produtores explique o número. Depois de ouvir inúmeras versões (acredite, ouvimos pelo menos umas 15) , para nós, além do Viceroy, quem ganha a taça é o Reich & Bleich, que prefere optar pelo caminho mais seguro, dos 128 bpms, mas produz um remix redondo, divertido, alto-astral e dançante do início ao fim, como todo bom remix deve ser.

Passion Pit – Carried Away (Reich & Bleich Remix)

.

Justin Bieber – As Long As You Love Me (Louis La Roche Remix)

6d77bf68e36ff750c596c1ab1d4663c4f7a17a07Calma. A única vez que postamos uma música do Justin Bieber aqui foi num Friday Mixes zuado de primeiro de abril, mas esta versão de “As Long As You Love Me” (sem comparações com a original por motivos de: nunca ouvi) pelo Louis La Roche é incrível. Pegando a onda de sucesso do new-disco, o jovem produtor aproveita pouco dos vocais de Bieber e distorce, recorta e brinca a vontade a favor das batidas, que aqui estão dilacerantes, diga-se de passagem. Ouça sem medo porque, no final, a canção é 100% Louis La Roche.

Justin Bieber – As Long As You Love Me (Louis La Roche Remix)

.

Rihanna – Loveee Song (Brenmar Remix)

rihanna-unapologetic-300x300A nova cena da música eletrônica do Reino Unido está quente, com nomes como Disclosure, Bondax (logo abaixo) e diversos novos produtores voltando com produções inovadoras, criativas e completamente dançantes. Aqui, o jovem Brenmar decide brincar com “Loveee Song” da Rihanna com participação do Future, e acaba transformando o R&B sedutor da original em um número esquizofrênico, agitado e que te surpreendente a todo instante com a dança de suas batidas, sempre em constante transformação.

Rihanna – Loveee Song (Brenmar Remix)

.

AlunaGeorge – You Know You Like It (Bondax Remix)

AlunaGeorgeApesar do remix acima ter quase 110 bpm e este aqui 135, a descrição acima se aplica diretamente para o que o Bondax fez com “You Know You Like It”, dos queridinhos AlunaGeorge. O R&B-geek da dupla ganha ares mais ousados e descontraídos nas mãos dos produtores britânicos, que jogam o ritmo nas alturas junto a sintetizadores, samples recortados e batidas fortes, que fazem do número ainda mais urgente e dançante que a versão original.

AlunaGeorge – You Know You Like It (Bondax Remix)

.

[PACOTE COMPLETO] ♫ Friday Mixes #54 (D/L: Botão direito, Salvar como…)

A mixagem dessa edição foi feita pelo DJ Amplis, residente das festas Rifferama (rock dançante) e Discothèque (dance music), ambas no dDuck Club, em Belo Horizonte. Confira suas outras mixagens e siga-o no Mixcloud!