Archives For Laura Marling

laura-marling

A faixa mais diferente do último álbum da Laura MarlingOnce I Was An Eagle, lançado em maio, foi a escolhida pra se tornar sua primeira super-produçãoa. O clipe de “Devil’s Resting Place” foi divulgado na semana passada e já está bem falado. O álbum também foi bem recebido, sendo um dos indicados a álbum do ano pela Mercury Prize, junto de nomes como David Bowie, Disclosure, Foals e Arctic Monkeys. A cantora, de 23 anos, amadureceu – e sua música também.

Esqueçam a menina Laura Marling que cantava folk com um violão ou dois. Sua última produção acrescenta elementos originais de múltiplas referências culturais, revela intenso conhecimento técnico e alcança, ainda, a delicadeza de manter a identidade da cantora, cheia de jogos e ambiguidades entre as palavras ácidas e irônicas e a voz suave e conquistadora de menina, mas que é, ao mesmo tempo, poderosamente aveludada e forte. Mas, se antes o sotaque britânico era o que contava pra chamá-la de inglesa, agora Laura conseguiu mostrar a complexidade das suas raízes em um álbum inteiro. Como exemplo, a cantora fugiu do óbvio em “Devil’s Resting Place”, e sua habitual produção minimalista virou uma super-produção repleta de instrumentos tradicionais das culturas antigas de sua terra. A produção chega a ser tão intensa que, junto dos elementos étnicos, lembra da Florence + The Machine justificando o investimento para se tornar um hit. A tensão cigana proporcionada nas cordas, que persiste na música inteira, aliada a percussão típicas de um ritual tribal, sinos e violino medievais compõe seu clima único, perfeitamente refletido no clipe, que promove uma caça às bruxas com direito a exorcismo e visuais macabros, que promovem Laura Marling de menina-de-moletom a uma ameaçadora feiticeira.

Laura Marling – Devil’s Resting Place

Noah-And-The-Whale-Heart-of-nowhere-620x620

Noah And The Whale é uma banda inglesa que já apareceu aqui no blog em 2011 com o single “Life Is Life“, um dos carros chefe do último disco da banda, Last Night On Earth. Depois de três álbuns que transitam entre a melancolia, romances, a dor da perda e uma certa paz de espírito carregada de sabedoria, a banda se prepara para o lançamento do seu quarto álbum, Heart Of Nowhere, que será lançado no dia 6 de maio.

“Heart Of Nowhere”, canção título e carro chefe do novo disco, começa com violinos que aos poucos dão espaço à bateria e a uma produção semelhante aos trabalhos de seu último disco, que apesar de transparecer certa maturidade, também são carregados de um sentimento jovial, que acompanha toda a música, inclusive na letra, que passa mensagens sobre “correr riscos” e aproveitar a noite ao máximo. A música ainda conta com a britânica Anna Calvi, que faz um dueto incrível com Charlie Fink e deixa a música ainda mais doce, lembrando os duetos que Charlie fazia com Laura Marling nos tempos do primeiro álbum do grupo, Peaceful, The World Lays Me Down.

Noah And The Whale – Heart of Nowhere feat. Anna Calvi

O disco Heart Of Nowhere será lançado no dia 06 de maio, pela Mercury Records.