Archives For Major Lazer

HAIM – The Wire

Adriano Leite —  30/07/2013 — 1 Comment

Haim-1896420

Desde o começo do ano passado, quando apresentamos aqui o trio de irmãs californianas Haim e a sagaz “Forever”, assistir a evolução da banda e acompanhar seu desenvolvimento foi uma das coisas mais deliciosas de se ver. O sucesso das garotas é merecido, com singles como “Falling”, “Don’t Save Me” além de covers e participações especiais garantindo às meninas prêmios como o pódio do BBC Sound of 2013 e a chance de abrir os shows de bandas como Vampire Weekend, Phoenix e Florence + The Machine. E foram justamente esses shows, baseados em uma performance visceral que inclui jam sessions, improvisações e solos de guitarra que as transformaram em verdadeiras rockstars do século XXI que nos fizeram cair de amores pela banda no final das contas.

Entretanto, o problema de ter um show tão forte quanto esse é que nem sempre as versões de estúdio, finalizadas e produzidas por alguns dos maiores produtores do momento, conseguem superar as expectativas criadas pelas versões ao vivo. E como era de se esperar, é basicamente isso o que acontece no novo single das meninas, “The Wire”, que já vem sendo executado em seus shows desde os primórdios da banda, lá em 2010. Enquanto nos palcos o espírito rockstar das garotas é predominante, na versão de estúdio, produzida pelo Ariel Rechtshaid (Major Lazer, Vampire Weekend, Usher), a sensação que fica é que elas desejam uma sonoridade mais pop e moderna, ainda que mantenha boa parte da essência da original. Batidas glam-rock, harmonias vocais e versos nitidamente country servem de base para as garotas se divertirem em uma das suas canções mais cheias de atitude até então, com direito a um delicioso solo de guitarra (meio apagado nessa versão, diga-se de passagem) que aparece nos últimos segundos só pra mostrar que “hey, ainda gostamos de guitarras”. Se a Shania Twain tivesse hoje 24 anos, acesso aos produtores do momento e mais outras duas irmãs hipsters, o resultado não seria muito diferente disso aqui. E olha, não é exatamente uma coisa ruim.

HAIM – The Wire

“The Wire”, o novo single das irmãs, tem lançamento oficial no dia 23 de setembro. As garotas terminaram de gravar seu CD em Los Angeles, semana passada, e de acordo com um release que recebi, os detalhes do lançamento “são iminentes”. Como a própria “The Wire” diz, segurem os corações.

Dubstep: ritmo que surgiu na Inglaterra no começo dos anos 2000, influenciado pelo dub, que por si nasceu na Jamaica como uma forma de remix do reggae, que valorizava o baixo, a bateria e misturados a isso tudo efeitos sonoros. Bem, a descrição acima não foi a toa. Essa semana estaremos explorando mais um pouco esse gênero nos remixes, que essa também estão menos urgentes e mais progressivos e climáticos, preocupados com a construção das batidas e melodia das músicas. Mas prometo que você não irá ficar entediado em nenhum deles, pelo contrário, bem vindo a um dos nossos melhores Friday Mixes.

.

Katy Perry – E.T. (Rodway Remix)

PARA OUVIR: SE ANIMANDO PARA SAIR

Já postei muitos remixes, covers e canções dela aqui no blog, e nenhum durou mais do que dois dias no servidor do MediaFire. Katy e seus acessores conseguiram até tirar o nosso blog do ar a algum tempo atrás, mas bem, aqui estamos de volta, e com mais um remix da moça. “E.T.” ficou extremamente sensacional aqui, ganhando uma produção totalmente nova, com sons de videogame 8 Bit, samples de Castlevania e batidas Dubstep, criando uma nova roupa para música que soa como se ela tivesse sido capturada na Pensilvânia por ETs vampiros e voltado à Terra.

♫ Katy Perry – E.T. (Rodway Remix)

.

Natalia Kills – Zombie (Does It Offend You Yeah Remix)

PARA OUVIR: TOMANDO BANHO.

Já postei a “Mirrors” da cantora, e essa semana postei a ótima “Wonderland”, mas ficou faltando seu primeiro single, “Zombie”. Uma canção progressiva e mid-tempo, a música acaba de ganhar um remix do Does It Offend You, Yeah, que praticamente cria uma música para chamar de sua aqui. As batidas loucas electro-punk para fazer mosh-pit na pista estão presentes, como de característica da banda, mas acompanhados pelo doce vocal de Natalia e seu refrão delicioso de “Zombie”, a música parece encontrar um perfeito equilíbrio, e deve causar catarse onde quer que seja tocada.

♫ Natalia Kills – Zombie (Does It Offend You Yeah Remix)

.

La Roux – Quicksand (Alex Metric Remix)

PARA OUVIR: SE ARRUMANDO

Já vou começar falando: que remix FODA. Basicamente, “Quicksand” da La Roux se transforma em um épico das pistas de dança com 6 minutos de duração, que vai te deixar babando em cada segundo dele. Alex Metric, conhecido por seus remixes longos que vai construindo a música aos poucos, reinventa o primeiro single do duo aqui, que começa dramático mas vai soltando as batidas e os refrões aos poucos, descrescendo o ritmo no meio do caminho para depois engrenar com força. Destaque para o brilhante final, onde o cara recorta e cola o vocal da cantora e cria uma parte totalmente nova à música. Recomendo ouvir com os fones de ouvido para se perder na produção luxuosa deste aqui.

♫ La Roux – La Roux – Quicksand (Alex Metric Remix)

.

Cut Copy – Far Away (Bag Raiders Remix)

PARA OUVIR: BEBENDO

Eu amo Cut Copy e adorei o Bag Raiders esse ano. Enquanto no ano que vem estaremos cobrindo massivamente o novo disco do amado grupo, que tal revisitarmos aqui uma das músicas mais legal do segundo disco, dessa vez com um remix feito pelos Bag Raiders? Os caras adicionam uma produção totalmente nova à música, com instrumentos tocados por eles mesmos, que só reutiliza o vocal original, adicionando até mesmo um solo massivo de sintetizadores no meio do caminho. É o filho prestando uma homenagem ao pai, e o resultado disso tudo é um presente nada menos que maravilhoso.

♫ Cut Copy – Far Away (Bag Raiders Remix)

.

Big Boi – Shutterbug (Jack Beats Remix)

PARA OUVIR: NO CARRO COM OS AMIGOS

“Shutterbug” do Big Boi não é apenas uma das melhores canções de hip hop do ano, mas sim uma das melhores ponto. Aqui, o sample da música é instantâneamente reconhecível, numa canção sem muitos altos e baixos, mas que melhora quando vai chegando no finalzinho, quando Big Boi solta o rap sob uma batida dubstep. As batidas, entretanto, vão agradar a todos que estiverem com você, e se tem uma música desse post que poderia ser tocada em qualquer tipo de boate que todos iriam acabar curtindo, é esta aqui. Ouça o melhor remix de “Shutterbug” que encontrei.

♫ Big Boi – Shutterbug (Jack Beats Remix)

.

Usher – OMG (Vindata Remix)

PARA OUVIR: NA PISTA

Que remix doido. Na verdade, não sei se funcionaria muito bem nas pistas, mas quem liga? Se você não gosta da original, recomendo até dar uma chance para essa aqui. Com um começo lento, a música vai ganhando corpo e batidas, que depois de um tempo volta à sua versão original, para depois voltar para a construção de batidas novamente e acabar com uma explosão trance, suficiente para deixar qualquer um mais alto só de ouvir. Se a descrição ficou confusa, apenas dê o play aqui em baixo. Agora por favor, da próxima vez que o DJ tocar a versão original, você só chega, pluga seu iPod, faz um ar superior e sai dançando na pista.

♫ Usher – OMG (Vindata Remix)

.

Major Lazer – Never Good Enough (The Killabits Remix)

PARA OUVIR: FAZENDO SEXO

Por falar em dub/dubstep, eis aqui um remix do gênero para uma nova música do Major Lazer, a mais legal na minha opinião do EP lançado esse ano, o Lazers Never Die. A original era um reggae sensual, mas mesmo com as batidas dubstep aqui a música não perde sua essência, soando mais como um tipo de raggae que ouviríamos saindo da Jamaica em 2020. Pode não seguir o mesmo estilo que as últimas músicas “para sexo” que tenho postado aqui, mas não deixa de ser conveniente. Na verdade, enquanto as outras eram mais um “sexo romântico”, pense nessa aqui como um “sexo agressivo”, mas igualmente sensual. Alguma coisa contra?

♫ Major Lazer – Never Good Enough (The Killabits Remix)

.

Jayme Dee – Love Whiplash (RAC Mix)

PARA OUVIR: NA VOLTA VENDO O SOL NASCER

Mais uma vez, o RAC mostra que não apenas faz ótimos remixes, mas que também faz ótimas escolhas. Na verdade, eu ouvi o remix antes da original, que não tem alterações gritantes, mantendo o clima leve de romance de verão, sob palminhas e batidas ensolaradas. O produtor dá um ar a mais pra música, adiciona mais efeitos e torna a inocente canção em uma escolha perfeita para se ouvir com o vento no rosto, enquando você estiver voltando para casa. Afinal, depois de tantos remixes “sujos” e agressivos, nada mais justo que uma canção mais leve para relaxar.

♫ Jayme Dee – Love Whiplash (RAC Mix)

.

♫ [D/L] Friday Mixes VI

.

Créditos: Dancing Astronaut  & KKS
.

Conhece o Girl Talk, mestre dos mash ups e que vai tocar em novembro no Planeta Terra? Então, Milkman é seu aprendiz, e a mais nova sensação do gênero. O cara vem abrindo os shows do Major Lazer e agora está partindo para seu novo álbum, o Algorithms, que vai ser distribuído de graça em seu site. O primeiro single, “Let’s Go”, já está disponível, e enquanto reúne diversas canções conhecidas, como “Gold Digger” do Kanye West, “I Want You Back” do Jackson 5 e até um refrão bem criativo com “Eh Eh” da Lady Gaga, a música soa incrivelmente consistente, e quem ouvir sem conhecer as músicas originais pode nem perceber que se trata de um mash up, que diga-se de passagem, é um dos mais interessantes que já ouvi. É uma daquelas músicas pra se ter em um playlist do final de semana e impressionar os amigos. Fiquem com o single abaixo e aguardem o lançamento do álbum para esse ano ainda.

♫ Milkman – Let’s Go

[Via]

Coldplay – Fix You (Datsik Remix)

Antes de reclamar ou pular o post, aviso que esse não é mais um remix de dance destinado a tocar na Jovem Pan. Na verdade, temos um remix mais adequado para se ouvir em casa, com os fones de ouvido. Para ter uma ideia, imagine Fix You, um dos maiores sucessos do Coldplay, com o mesmo tom e ritmo da original, mas para acompanhar o piano e as guitarras, adicione sintetizadores e uma crescente batida dubstep, que fará sua cabeça dar algumas voltas. O remix mantém a grandiosidade da original, acrescentando ainda uma dose de atitude para a música.

Coldplay – Fix You (Datsik Remix)

.

Sky Ferreira – One (WAWA Remix)


Depois de um vídeo simples e brilhante, a queridinha Sky Ferreira se prepara para lançar seu álbum de estréia. Enquanto isso, One, primeiro single britânico, começa a ganhar o tratamento de remix que merece, embora não precise, visto que a original é praticamente perfeita do jeito que é. O remix pelos caras do WAWA, entretanto, dão uma nova perspectiva à música, embora não afaste muito da original, essa aqui é mais direta e mais preocupada com batidas, e arrisco dizer que cairia até bem para as pistas.

Sky Ferreira – One (WAWA Remix)

.

Major Lazer – Jump Up (Thom Yorke Remix)

Passado o susto incial, vamos aos fatos. O Major Lazer acaba de lançar uma Mixtape nova, chamada Lazers Never Die, e além de uma música inédita, traz esse curioso remix, assinado pelo ilustre Thom Yorke, do Radiohead. Ao apertar o play, já dá pra sentir que as batidas tribais da original foram retiradas, susbtituídas por uma mais suave, dando todo um clima de filme sci-fi à música, bem diferente das produções mais agitadas do Major Lazer. Com direito ainda à barulhos e vozes bizarras, o remix é um sopro de ar fresco para as produções do grupo.

Major Lazer – Jump Up (Thom Yorke Remix)

O dia hoje tá por conta deles, que embora um sistema de email completamente ineficiente (como todos estão reclamando), deixou todos nós baixarmos de graça um novo EP. Major Lazer (composto por Diplo e Dj Switch), que fez exatamente a mesma coisa em 2008 com o Santigold, remixa aqui o CD de La Roux, encaixando inclusive algumas participações especiais. Não ouvi a mixtape completa ainda,  o link está sobrecarregado no momento, então volto em breve nesse mesmo post para comentar as melhores.

A tracklist é essa abaixo, e para baixar o ábum sem nenhuma complicação, basta clicar aqui [RE-UPADO].

LAZERPROOF TRACKLIST
1. Bulletproof (Nacey Remix ft. Matt Hemerlein)
2. Colourless Artibella
3. I’m Not Your Lemonade + Heroes ‘N‘ Villains Remix ft. Gucci Mane
4. Independent Kill ft. Candi Redd
5. Keep It Fascinating
6. Magic (Falling Soldiers Dub)
7. In 4 The Kill Pon De Skream
8. Houstatlantavegas Pains ft Drake
9. Tigerlily (DYWHAP Blend) ft. Rusko
10. Can’t Stop Now (Armor Love Remix)
11. Quicksand (Mad Decent 2010 Rerub) ft. Amanda Blank
12. Cover My Eyes (Costra Nostra Edit)
13. I Said It (Major Lazer Dubplate) ft. Opal
14. Hold Yuh (Double Dubplate) ft. Gyptian