Archives For melhores

url-10 copy

Para um blog especializado em músicas – e não discos – como o nosso, talvez esta é a “lista de fim de ano” mais difícil de ser feita. As músicas postadas aqui no blog são, em suma, um resumo do que estou ouvindo de mais legal, e como consequência da enorme quantidade de canções que ouço por semana, escolher a dedo quais que me marcaram mais durante o ano (e enumerá-las em posições) não é uma tarefa fácil.

Vale lembrar também que, assim como no ano passado, não estamos tentando fazer uma lista de “Melhores” do ano, mas sim de “Favoritas”. Assim como o blog, esta é um lista pessoal. Como qualquer pessoa que trabalhe, estude e não tenha tempo para ter um blog (mas ainda assim insiste em ter), deixei passar muita coisa em branco ou acabei não ouvindo por falta de tempo. No meu dia a dia, tento selecionar as músicas e artistas que mais tenho chance de gostar para não perder tempo com coisa que não é do meu agrado. A lista, portanto, é um reflexo dessas escolhas, e para selecioná-las e enumerá-las em ordem, o critério que usei foi o número de vezes que ouvi a música, o quanto cada uma me marcou e se sua sonoridade apresenta algum tipo de inovação ou elemento que avance com o gênero em questão.

A seguir, começaramos pelas Menções Honrosas e partiremos para as minhas 50 músicas favoritas do ano. Prepare os fones de ouvidos para embarcar nessa retrospectiva e nessa viagem sônica que preparamos para você.

[Menções Honrosas][50-41][40-31][30-21][20-11][10-1]

.

MENÇÕES HONROSAS

ALABAMA SHAKES Hold On
AVAN LAVA – It’s Never Over
BEAT CLUB – Something Better
CASSIE – King Of Hearts
ELLIE GOULDING – Figure 8
FRANK OCEAN – Thinkin’ Bout You
FUTURE SCREENS – Don’t Stop
GABRIEL BRUCE – Sleep Paralysis
GORDON VOIDWELL – XO Boyfriend
HOT CHIP – Night & Day
KINDNESS – Cyan
MIKKY EKKO – Pull Me Down
MNDR – Stay
NIKI & THE DOVE – Tomorrow
OTHER LIVES – Take Us Alive
ROBERT DELONG – Global Concepts
S O H N – The Wheel
SANTIGOLD – Disparate Youth
SIR SLY – Ghost
SUPERHUMANOIDS – Geri
SWIM DEEP – Honey
SWISS LIPS – U Got The Power
TEGAN & SARA – Closer
TERRAPLANE SUN – Ya Never Know
THE CHEVIN – Champion
THE ROYAL CONCEPT – Gimme Twice
THE KNOCKS – The Feeling
THE NEIGHBOURHOOD – Sweater Weather
THE NIGHT – Strangers
THOMAS AZIER – Metropolitan Tribe
TWO DOOR CINEMA CLUB – Sun
VACATIONER – Good As New

Continue Lendo »

Música indie, com sintetizadores são meu forte, mas de vez em quando me pego escutando esses electros da vida com cara de Jovem Pan. Até hoje agradeço a rádio por ter tocado até a morte Let Me Think About It, do Fedde Le Grand, que convenhamos não é a melhor coisa do mundo, mas é um bom exemplo de como se fazer uma boa canção pros playboys da vida estourarem suas caixas de som. No primeiro segundo do refrão de Take Over Control, do Afrojack, com a ótima Eva Simons, eu já estava convencido que estava perante uma faixa monstruosa. E não só em duração, pois ao longo dos seus 7 minutos, ela consegue ser mais muito mais digestível do que alguns trances da vida, e realmente seria um pecado vê-la editada em 3 ou 4 minutos. Como disse, o mais importante aqui é o refrão, delicioso, e repetido ao extremo (sem reclamações), que vem acompanhado de batidas electro pulsantes, que vão te fazer sair do chão. Se você gosta de electro, trance e house music estilo Jovem Pan mesmo, se prepare para ouvir uma das maiores e melhores faixas do gênero em 2010, e que se escolhida pela rádio, tem muita chance de bombar tanto na programação quanto nas boates afora.

Afrojack – Take Over Control (Feat. Eva Simons)