Archives For misery

Enquanto a maioria das popstars cantam sobre amor, diversão, sexo e o quão popular elas eram na high school, Cocknbullkid libera essa foto acima. Depois de lançar um brilhante single, que já falamos e apresentamos melhor a cantora aqui, ela está de volta em 2011 com um novo single, a excitante “Hold On To Your Misery”, como já ouvimos no remix da faixa. Como descrita pela moça, a música é um anti-hino, já que ela te aconselha a se lembrar – e não esquecer – do seu sofrimento e das coisas que te deixam pra baixo. De acordo com a cantora, essas coisas nos fazem lembrar que estamos vivos, e de certa forma, mantendo  elas “dentro de nossa barriga”, como ela canta, acabamos ficando mais fortes. Uma letra bem brilhante para uma canção pop. Aliás, uma letra bem brilhante, ponto. Para completar, o refrão viciante – que já conhecíamos do remix – está de volta,  só que sem o coral de crianças, dessa vez cantada só pela Anita. Mesmo assim, a música não perde seu charme, fechando o que deve ser o primeiro grande hit dos indies nesse começo de ano. A Cocknbullkid pode ter sido ignorada pela BBC, mas quem sabe não cabe aos blogs torná-la grande (sem piadas rs) esse ano (vide The Pass)? A faixa em alta qualidade ainda não foi liberada, mas consegui um radio rip bem bom, então não percam tempo e ouçam logo abaixo.

Cocknbullkid – Hold On To Your Misery

Como falei, o single é o primeiro do álbum Adulthood, com lançamento para alguma data de 2011.

Esse é o Maroon 5 com a capa mais Queen do ano, que após um single decepcionante (para não dizer mais), chega com um segundo single, Give A Little More. No post de Misery falei do hype que estavam fazendo sobre a faixa título, Hands all Over, dizendo que ia ser o novo hino do rock, mas que acabou que nem virou single na verdade. Sinal de que…. deixa pra lá. Outra, a música em questão já chega com uma responsabilidade, pois os segundos singles anteriores, This Love e Wake Up Call, foram duas das melhores músicas da banda. E esse aqui, como fica? Bem, ela é melhor que Misery, muito, embora seja mais repetitiva e siga a mesma linha, com uma batida funky que parece ser predominante no novo álbum. Para ficar no nível dos outros singles  de sucesso só faltou um refrão marcante, que aqui fica devendo, mas no geral, a música tem potencial para crescer sim. Só senti que a música quis se apressar demais pra acabar em 3 minutos, e espero que a versão do álbum tenha uma introdução e finalização melhor.

♫ Maroon 5 – Give A Little More

Brandon Flowers – Crossfire

Seguindo agora com um projeto solo, Brandon Flowers do The Killers lança Crossfire, primeiro single, que já resenhei aqui. O clipe, um mini-action-movie com direito a ninjas e Brandon sendo resgatado três vezes pela belíssima Charlize Theron, não mudou muito minha opinião, mas consegue, na verdade, tirar o clima pretencioso da música.

.

Big Boi – Shutterbugg

O vídeo de Shutterbugg já saiu a um tempinho, mas se você ouviu a música aqui no blog e curtiu, vale a pena dar uma olhada no vídeo, que segue o estilo da música com rigor, com um clipe bem colorido, dançante e alto-astral. Bizarrices de Big Boi a parte, esse é um clipe para gravar e tocar muito em festas.

.

Sky Ferreira – One

Sky Ferreira tem apenas 17 anos mas está fazendo muito barulho na blogosfera. Já cobrimos seu primeiro single, One, aqui, e agora, com o vídeo da música lançado, a menina se prepara para o lançamento de seu primeiro CD. O clipe é bem artístico, e combina com cada arranjo da música, resultando num modernoso vídeo pop.

.

Maroon 5 – Misery

A nova música do Maroon 5, infelizmente não-tão-bem-recepcionada por mim, mas bem recebida pela maioria dos fãs,  recebe um clipe, para ver se deslancha de vez. Embora seja legalzinho, o vídeo não ajuda a música para mim, que mesmo ouvindo algumas vezes como comentaram, ainda não consegui gostar. Caso perdido, mas que venha o CD completo.

http://www.youtube.com/watch?v=pxFFJu7RVuk&feature=player_embedded

Misery é o novo single da banda pop Maroon 5, que não cansa de produzir hits radiofônicos. Misery, entretanto, não é mais um deles. Prometendo um CD mais rock que o antecessor, a banda aqui traz uma música extremamente parecida com a faixa de abertura do álbum anterior, a ótima If I Never See Your Face Again, que ganhou até participação especial da Rihanna mais tarde. Infelizmente, mesmo sendo parecida, o novo single da banda decepciona, tanto pela similaridade quanto pela falta de versos e refrões marcantes, característica da banda. A parte mais marcante, por mais ironia que pareça, vem logo após o refrão, quando Adam Levine parece estar fazendo uma imitação de uma fuinha sendo apertada. O novo CD, Hand’s All Over, sai só em Agosto, e a próxima música hypada está sendo a faixa-título, Hand’s All Over, que está sendo divulgada como sendo o próximo “hino do rock”. Enfim, hypes a parte, não vamos julgar o terceiro disco pelo que foi possivelmente apenas uma escolha errada. Vamos torcer para que o “hino do rock” seja uma canção à-la This Love, pois só assim a banda ganhará minha atenção novamente.

♫ Maroon 5 – Misery