Archives For Pawws

.

Atualmente trabalhando na concepção de seu debut, Pawws divulgou o primeiro clipe de sua promissora carreira. Ao contrário do que muitos esperavam, a música que ganhou um videoclipe foi “Time To Say Goodbye”, que desbancou “Slow Love” como single oficial da cantora londrina. Mesmo sendo bastante simples, o vídeo consegue nos deixar hipnotizados pela beleza de Lucy Taylor, que caminha sem rumo após o término de uma relação. Além da vontade de cantar “Time To Say Goodbye” enquanto a música toca, o clipe proporciona a vontade de abraçar a artista, que demonstra seu sofrimento com muita expressividade.

pawws

Não faz muito tempo que apresentamos aqui no blog a londrina Lucy Taylor, também conhecida como Pawws com seu primeiro single “Slow Love”, e parece que nosso desejo por mais músicas da promissora cantora foi atendido com o lançamento da ótima “Time To Say Goodbye”. Com contrato assinado com a ASL Records, casa do duo Crushed Beaks, a garota se prepara para lançar seu primeiro álbum ainda esse ano, e considerando os dois singles já liberados, fica claro que o material que vem por aí é de qualidade.

A faixa traz os vocais doces e sensuais de Lucy sobre uma produção que se inicia quase que numa áurea oitentista caminhando pelo pop com batidas que soam como uma versão mais tranquila das músicas da Grimes ou AlunaGeorge, a canção não perde tempo e logo se transforma numa balada arrebatadora em que os elementos de synth-pop e as harmonias vocais criam uma melodia contagiante e com diversas camadas de produção. Com uma letra emotiva e um refrão que lembra facilmente algumas canções do Passion Pit, Pawws nos apresenta uma receita perfeita de uma canção pop super açucarada, e prova que todo clichê do “menos é mais” realmente pode resultar em algo incrível quando o assunto é música.

Pawws – Time To Say Goodbye

.

Com o clipe de “Waste Of Time”, Karen Marie Ørsted prova novamente que é uma artista que tem grande potencial para despertar o interesse de muita gente com seu projeto musical, denominado , cujas primeiras músicas foram apresentadas pelo blog no ano passado. O novo vídeo mostra a cantora dinamarquesa dançando e “batendo cabelo” como se ninguém estivesse olhando, algo que já foi visto no clipe de “Glass”. Além disso, o clipe dirigido por Anders Malmberg apresenta uma série de imagens aparentemente aleatórias, desde quadros até objetos. O single deve ser lançado oficialmente no dia 7 de julho, preparando o terreno para o álbum de estreia, que ainda não tem nome e nem previsão para ficar pronto. Apesar de comparações com Lykke Li, Grimes, Purity Ring, Lorde, PawwsHaim, o som da MØ é bastante peculiar, em função de uma rebeldia presente nas letras e da mistura de sintetizadores selvagens com guitarras e outros sons experimentais que geram canções pop com uma pegada R&B.

pawws_4

A londrina Pawws (pseudônimo de Lucy Taylor) tem virado o mundo da música pop de cabeça pra baixo. Mas o mais impressionante é que se você olhar o SoundCloud da cantora, encontrará uma demo, “Outside”, e uma única música finalizada, “Slow Love”, o suficiente para que diversas publicações manifestassem suas apostas e gerassem um tremendo buzz em torno da garota, que acabou parando inclusive no Radio 1, da BBC. Do pouco que sabemos sobre Lucy podemos destacar que ela ganhou bastante notoriedade ao trabalhar com o Kele Okereke, do Bloc Party, na música “What Did I Do”, primeiro single do EP solo do rapaz, e que logo em seguida começou a trabalhar neste atual projeto, que está dando o que falar.

Em seu primeiro single oficial, “Slow Love”, somos testemunhas de um synth-pop clássico e fino, excelente para ser cantarolado em casa mas que também nos deixa otimistas para dançar a música nas melhores pistas do mundo. Com sintetizadores sedutores, uma batida contagiante e diversos samples retrôs espalhados na produção, a faixa traz bastante similaridades a projetos modernos e soa como um encontro entre o AlunaGeorge e a Cyndi Lauper, além dos vocais doces e primorosos de Lucy lembrarem bastante o do Chvrches. Com uma letra que fala sobre o amor de forma otimista e equilibrada, passando a mensagem de que o verdadeiro amor pode durar por toda a eternidade e que, por isso, não há necessidade de pressa, é utilizando de versos grudentos e de um refrão infalível que a jovem promessa de Londres manda o recado e dá uma aula de como fazer um pop moderno, nos introduzindo a um single viciante, daqueles que deixam água na boca. E como por enquanto só temos uma música (que não seja demo) para saborear, fica aqui nosso desejo por muito mais.

Pawws – Slow Love