Archives For reset

Você está na balada, ouvindo uma música que nunca ouviu, mas curte tanto que poderia ficar dançando por mais dez horas se o lugar ficasse aberto. Ou simplesmente acha uma música tão boa que deixa ela no repeat e vai até dormir ouvindo-a. “Nein Mann”, do Laserkraft 3D, pode se encaixar em qualquer dos exemplos anteriores. Os raver s, que se auto-titulam de “Blue” e “Red”, criaram um hit que passou um pouco batido por aqui no Brasil, mas que na Europa, entre os bons apreciadores do house underground alemão, foi um hit gigante graças também a um clipe super criativo, sucesso comparado ao de “D.A.N.C.E.”, que elevou o Justice a um dos nomes obrigatórios a se ter em qualquer set de alguém que conhece musica boa pra se divertir.

Mas não se engane ao procurar algo da trupe do Ed Banger no Laserkraft, pois seu objetivo é fazer um puro house alemão onde você não pode cansar no meio da festa, mas sim continuar pedindo para que continue até a eternidade. Fiquem também com o remix dos caras para a música “Through the Night”, do Grum, onde eles deixam o techno um pouco de lado e arriscam no electro. O remix de tão bom ganhou até um vídeo oficial, que você pode conferir clicando aqui.

Laserkraft 3D – Nein Mann

Grum – Through The Night (Laserkraft 3D Remix)

Segunda edição da seção que promete agitar cada hora do seu final de semana! Pra quem não sabe a proposta, temos aqui oito remixes, um para cada hora do seu sábado a noite. E como indicado, vamos colocar um remix especial para… sexo! Curtam, divulguem e comentem logo abaixo.

.

Cee-Lo Green – Fuck You! (Dan Clare Mix)

PARA OUVIR: SE ANIMANDO PARA SAIR

Fuck You, além de virar a queridinha dos blogs afora e receber muito amor da crítica, parece estar no playlist de todo mundo que é pelo menos um pouco ligado em internet. E não demorou muito pros remixes surgiram. Só demorou um pouquinho pra surgir um de qualidade. Com um som electro não tão pesado, passado o primeiro minuto de introdução a música ganhar forma e pra frente é só alegria. Espere só até ouvir o que fizeram com a voz de Cee-Lo no refrão. Surpreendente, empolgante e simplesmente obrigatório.

♫ Cee-Lo Green – Fuck You (Dan Clare Extended Mix)

.

The Killers – Joyride (Night Version)

PARA OUVIR: TOMANDO BANHO

Da série melhores que o original, na verdade essa versão alternativa da contagiante Joyride dos Killers foi feito pela própria banda, a um ano atrás como b-side do single This Is Your Life, mas parece muito bem ter sido feito pelo LCD Soundsystem ou o Hercules & Love Affair. O clima de disco-rock-jazz anos 50 da original permanece, mas a música está ainda mais luxuosa e  produzida aqui, ganhando além de grandes batidas e percussão de sambinha, também guitarras novas.

♫ The Killers – Joyride (Night Version)

.

Diplo & Don Diablo – Make You Pop

PARA OUVIR: SE ARRUMANDO

Diplo e Don Diablo juntaram as forças para fazer a pista tremer, ou melhor, você explodir. Na colaboração de DJs mais arrasadora do ano, os caras na verdade lançaram um remix dubstep da faixa (muito ruim por sinal) a um mês atrás, e só agora soltaram a original. As batidas aqui são simplesmente matadoras, e o baixo é pra explodir qualquer subwoofer. Daqueles pra forçar todo mundo ir pra pista.

♫ Diplo & Don Diablo – Make You Pop

.

Goldhawks – Keep The Fire (Reset! Remix)

PARA OUVIR: BEBENDO

Me apaixonei por esse remix sem conhecer nada de ninguém da faixa. Fato é: baixe agora. Feito com carinho para os clubes, o remix tem uma vibe disco infinitamente superior que a original, sem contar que é bem interessante pensar como funciona 5 pessoas, o Reset! nesse caso, remixando a mesma faixa.

♫ Goldhawks – Keep The Fire (Reset! Remix)

.

Stromae – Alors On Danse (Feat. Kanye West & Gilbere Forte)

PARA OUVIR: NO CARRO COM OS AMIGOS

Você já ouviu a versão original aqui, e embora a música esteja dominando o mercado americano pouco a pouco, nada custa um remix americanizado com o Kanye West, né? Aqui, o rapper acrescenta rimas inéditas ao hit, deixando Stromae e sua voz de tédio (mas longe de ser entediosa!) só com o refrão. As batidas da versão original permanecem inalteradas, assim como o delicioso saxofone, que promete te perturbar por muito tempo ainda.

♫ Stromae – Alors On Danse (Feat. Kanye West & Gilbere)

.

Marina & The Diamonds – I Am Not A Robot (Passion Pit Remix)

PARA OUVIR: NA PISTA

Calma lá. Tem como não ser espetacular? Pegue um dos melhores hits pop do ano e mande uma das minhas bandas favoritas do ano passado remixar. Resultado? O hit da Marina ganha aqui os sintetizadores instantaneamente reconhecíveis do Passion Pit, mantendo todo o brilho da original, mas transoformando o emotronic da faixa em uma verdadeira celebração, que promete fazer muitos indies suarem a camisa na pista.

♫ Marina & The Diamonds – I Am Not A Robot (Passion Pit Remix)

.

Caribou – Odessa (Night Jewel Remix)

PARA OUVIR: FAZENDO SEXO

O Caribou já é uma banda que deve ser trilha sonora para muitas noites calientes mundo afora, mas esse remix do Night Jewel não pôde ter sido feito com outra intenção se não sexo. A música, que ganha um clima mais lento e sedutor, continua tão hipnotizante quanto a original, porém com um ar mais glo-fi/space-pop, que definitivamente não vai agitar as pistas, mas sim outros lugares.

♫ Caribou – Odessa (Night Jewel Remix)

.

Brandon Flowers – Crossfire (DVWs Bullethole Remix)

PARA OUVIR: NA VOLTA VENDO O SOL NASCER

Sintetizadored que parecem xilofones e pianos remixados, você nunca ouviu Brandon Flowers cantar sobre um ritmo desse. E Crossfire, a canção ame-ou-odeie solo do cara, apesar de não ganhar as batidas electro mais agitadas do post, ganha uma suave releitura que parece muito bem ter sido obra da La Roux. Calma e tranquila como a original, porém com um clima mais tropical, digna de um pôr do sol pós-balada.

♫ Brandon Flowers – Crossfire (DVWs Bullethole Remix)

.

Créditos: michel heberton & PMA

Mystery Jets sempre foi uma banda com um material muito bom, mas que infelizmente nunca viu a luz do sol do sucesso por muito mais que algumas semanas com seus singles, a não ser quando contava com parcerias fofíssimas como a da Kate Nash em Disco Elizabeth, e o hino romântico-indie de 2008 Young Love, com a Laura Marling. “Mas tudo está prestes a mudar!” alguém deve ter pensado quando eles se juntaram ao duo The Count & Sinden e fizeram a música que já é a maior partymaker do semestre, a After Dark.

Os caras acabaram de lançar seu debut após esmagar a galera com sua música MEGA (em maiúsculo, que por sinal é o nome do álbum), e já chegaram com direito a EPIC WIN, escrito em fonte outdoor em cada esquina do mundo. Não tô brincando. Onde mais você vai encontrar um CD com hip-hop, house, electro, trance, funk, dreampop, dubstep, kuduro, cumbia, flamenco, e um cheirinho de forró e samba pelas bordas?

Agora a After Dark, que deixo aqui, é uma música mais que animada, que tem um pé nos 80’s, mas o resto do corpo jogado no world music, que aliado com o indie dos Mystery, cria praticamente um novo estilo de música. Pegue a bebida, solte o play e já vai se preparando no “We’ve never had a heart to heaaaart, but you still call me up after daaaaark, the daaaaark…” porque o negócio é MASSIVE. E como se a música não fosse o bastante, ainda tem aqui pra você dois remixes que acompanham o single. E se estiver curioso pra ouvir o álbum, o MEGA MEGA MEGA, corre aqui pra barra lateral e baixe o disco completo.
.

http://www.youtube.com/watch?v=fs9vRtZsMz0&feature=player_embedded

.