Archives For rudimental

.

É só uma questão de tempo para a Foxes lançar seu primeiro álbum e começar a fazer sucesso com um público mais amplo. Enquanto isso não acontece, podemos aproveitar o clipe de “Youth”, canção comentada aqui há mais de um ano. Até agora, a artista inglesa já divulgou músicas cativantes como “The Unknown”, “Beauty Queen”, “White Coats”, “Let Go For Tonight”, “Echo” e “Right Here”, que apareceu no debut do Rudimental. Além de ter uma forte identidade visual, Foxes chama a atenção por seu alcance vocal e pela doçura de suas músicas, que são indicadas para quem curte Ellie Goulding, Lorde e Marlene. Dirigido por James Copeman, o vídeo oficial de “Youth” começa com um tom de filme noir, mas que logo vira uma espécie de celebração da juventude, com a cantora usando arco de orelhas de Minnie Mouse enquanto se diverte com os amigos para aproveitar o tempo e realizar seus sonhos.

.

Sinead Harnett está construindo lentamente o seu nome na cena dance do Reino Unido. Primeiro ela colaborou em duas músicas do Disclosure e mais recentemente em uma das faixas do Rudimental. Agora ela dá um passo enorme em sua carreira com “Got Me” e o lançamento do vídeo para faixa. A direção traz Sinead em um ambiente com pouca luz, em diversos ângulos e muito filtro que troca as cores da produção. A música traz uma energia mais sombria contrastando com a sensualidade nos vocais da cantora, o que é muito bem transferido para o vídeo. “Got Me” é um grande passo na carreira da cantora e que deve ajudá-la a atrair novos fãs com o tempo, sem precisar de mais colaborações.

Foxes_Music

Comentamos por aqui o lançamento de “Baby”, último single lançado do álbum de estreia do Rudimental. O disco saiu semana passada e, com dois EPs disponibilizados anteriormente, promo singles e demos vazadas, já tínhamos uma ideia de como seria a sonoridade do trabalho. Em geral, temos a mesma combinação de ritmos e elementos já usados nas faixas já apresentadas, porém, o primeiro álbum dos quatro londrinos do Rudimental é o suficiente para firmá-los na cena eletrônica do Reino Unido – assim como os queridinhos do Disclosure e Lamb – e, graças à variada gama de convidados e de estilos de produção, mostra o alcance do grupo em gêneros que vão desde o electro, passando pelo drum & bass, dancehall, hip-hop e pop.

Dentre as deliciosas 12 faixas do trabalho, um dos destaques é “Right Here”, com participação da Foxes, que você também já conheceu no blog com a pegajosa “The Unknown”. Logo nos primeiros segundos, a impressão que fica é que os belos vocais da londrina serão impressos numa música tranquila com grooves baixos, porém, à medida que “Right Here” se desenvolve, xilofones no melhor estilo La Roux se mesclam a batidas drum & bass e dubstep, que tomam conta da faixa em um explosivo refrão, pronto pras pistas. E quando você pensar que as coisas não podem ficar mais ferozes, um solo de guitarra entra na casa dos três minutos para se unir às batidas insanas e demonstrar pefeitamente a mistura de estilos que referimos anteriormente, só para finalizar a faixa na mais pura tranquilidade, de forma hipnótica, tranqulizando o ouvinte, por fim.

Rudimental – Right Here (feat. Foxes)

Home, lançado pela Warner Music UK tem ainda participações de Ella Eyre, John Newman, MNEK e Emili Sandé.

BEhC26GCAAAicuR

Um dos nomes que mais causou barulho na música eletrônica dos últimos anos foi sem dúvidas o do quarteto britânico Rudimental. Há mais ou menos três anos, quando os garotos de Londres se uniram para compor e produzir suas primeiras faixas, era provável que não passasse por suas cabeças que um ano mais tarde, seu single “Feel The Love” seria #1 nos chartes oficiais do Reino Unido. Assim como os conterrâneos Disclosure e o produtor Flume, a sonoridade de cada produção do quarteto está em constante mudança, misturando elementos de pop, R&B, batidas eletrônicas e um drum & bass fortíssimo que se tornou identidade do grupo.

Depois de muita espera, Home, o álbum de estreia do Rudimental, está prestes a chegar às lojas, e o primeiro single do projeto é a incrível “Baby”, com participação de Sinead Harnett, e do cantor e produtor MNEK que já comentamos aqui. A faixa segue a mesma linha de produção já conhecida por quem acompanha o trabalho dos caras, mas que desta vez aparecem flertando com batidas house e apostando nos mesmos vocais soul dos singles anteriores para garantir mais um hit nas rádios. Dos colaboradores, os vocais ora suaves ora mais graves de MNEK, contrastados com os de Sinead, garantem um ar sexy ao single, fazendo da música uma trilha perfeita para um ambiente não tão agitado quanto as pistas de dança, mas sim para uma festa de praia ou um passeio de carro por uma manhã ensolarada.

Rudimental – Baby (feat. MNEK & Sinead Harnett)

Para aumentar a divulgação do single, foi lançado também um clipe com a presença dos donos dos vocais presentes na música. Simples, todo em preto e branco, MNEK e Sinead se divertem com balões numa sala enquanto a música faz todo o serviço e hipnotiza o ouvinte.

Home, álbum de estreia do Rudimental chega às lojas no próximo dia 29.