Archives For Sivu

.

Os clipes do Sivu costumam ter um aspecto caseiro, como em “I Lost Myself”. O novo single do artista também segue a mesma estética, sob a direção de Adam Powell, que filma o cantor em vários locais de Los Angeles enquanto seu terno verde surge multicolorido devido a efeitos especiais. “Can’t Stop Now” não faz parte do EP I Lost Myself, mas é tão boa como as músicas do debut do cantor, que já havia nos encantado com “Bodies” e “Better Than Me”, graças a um rock suave na mesma linha do COIN e do Smallpools.

sivu-bodies-580x384

O londrino Sivu mostrou literalmente o que se passa na cabeça de um músico com o vídeo do seu primeiro single, “Better Man Than He”, gravado com um aparelho de ressonância magnética enquanto o artista cantava o próprio single. Apesar da grande repercussão do vídeo, que servia de apresentação ao pop vintage do rapaz, Sivu ainda continua trabalhando num pequeno callcenter em Waterloo, entretanto, se depender do lançamento do seu novo single, “Bodies”, que também serve de título para o seu novo EP, as coisas devem estar prestes a mudar para o rapaz de 24 anos.

Mais uma vez produzido em parceria com Charlie Andrew, produtor vencedor do Mercury Prize pelo seu trabalho no excelente disco de estreia do Alt-J, “Bodies” mais uma vez ecoa traços do reconhecido disco, como as guitarras gentis e a produção delicada, mas que graças aos vocais em falsete de Sivu, que remetem na hora ao Wild Beasts, toma novos rumos e se posiciona como algo mais voltado ao pop. Evocando temas bíblicos como forma de refletir sobre as emoções humanas, a canção inicia com percussões velozes, quase ciganas, só para cair em um grandioso refrão, onde os vocais líricos de Sivu tomam forma imponente para transmitir com clareza a mensagem da música.

Sivu – Bodies

O primeiro EP de Sivu, Bodies, chega no dia 3 de junho pelo selo Third Rock Recordings.

dmNGBpx6VMB5hTQaf-aRaUOut8J6z0ya8MiUgiunSXY

Sivu Page pode não ser o nome mais comum que você já ouviu, mas se depender do primeiro single do rapaz de 24 anos, taí um nome que você deve ouvir com muita frequência em 2013. Incentivado pelo produtor do brilhante disco de estreia do Alt-J, Charlie Andrew, Sivu era guitarrista de uma banda inglesa até que, ao mostrar suas músicas ao produtor, logo tratou de assinar um contrato com a Warner para lançamento do seu primeiro disco, que, sem muitas surpresas, também traz Andrew no comando.

Sua estreia, a belíssima “Better Man Than He”, não falha em nos impressionar, e se demostra um número frágil e ao mesmo tempo impactante, ao tratar da depressão de um amigo próximo de forma poética e esperançosa, falando sobre suicído no mesmo verso em que cita tapetes mágicos e mundos encantados. O vocal, reminescente de um Clock Opera mais moderado, encontra uma produção elegante nos moldes de um Wild Beasts, com pianos e baterias sutis complementando seu tom melancólico, que também é transmitido em seu vídeo, com imagens gravadas durante uma ressonância magnética e inspirado em pesquisas de cirurgias em crianças que nascem com defeito na boca.

Sivu – Better Man Than He

O single de “Better Man Than He” será lançado no dia 25 de fevereiro pelo selo ASL Records, da Warner.