Archives For Taped Rai

PIGmag-Taped-Rai

Os suecos do Taped Rai, enquanto não lançam seu álbum de estreia, liberaram mais uma faixa para saciar nossa curiosidade. Depois da mistura entre o experimental e o eletrônico-comercial de “Shadow of The Sun”, Tom Liljegren e Alexander Ryberg realmente parecem ter deixado de lado as influências que receberam durante o trabalho com DJs e produtores de música eletrônica, apostando em um soft-pop delicioso como próximo single que se sobressai como a melhor amostra da dupla até então.

Com uma batida eletrônica crua e uma base suave, “Backyard Animals” acerta em diversos momentos e se aproxima de algumas canções mais leves produzidas por nomes conhecidos da EDM, como no início da carreira do britânico Example. Entretanto, enquanto o britânico direcionou seu som para algo mais bombástico e comercial, os suecos mantiveram aqui sua delicadeza e se muniram de um inocente refrão que quando você menos esperar já vai estar na sua cabeça, desviando de vez qualquer comparação com atos eletrônicos tradicionais e se aproximando de nomes menos óbvios como Miike Snow e Diamond Rings, apostando ainda em vocais suaves e ligeiramente lo-fi, que embrulham o pacote como um número mais natural e emotivo que o último single.

Taped Rai – Backyard Animals

Taped Rai – Backyard Animals

Em pouco tempo, e com pouquíssimo material lançado, é bem possível que Tom e Alexander saiam do anonimato e tenham um dos debuts mais comentados do segundo semestre desse ano, ou inicio de 2014. A composição de elementos leves, com raiz eletrônica e certo approach para as rádios com certeza desperta a curiosidade de ouvir um trabalho completo do Taped Rai.

shadow-of-the-sun

A música pop e eletrônica vem crescendo num ritmo cada vez mais forte na Suécia, e o Taped Rai, assim como seus outros conterrâneos, não deixa a desejar na qualidade do seu trabalho. Em meados de 2012, os produtores Tom Liljegren e Alexander Ryberg se uniram para formar o duo, e logo de cara já chamaram a atenção do gigante David Guetta, assim entrando no relançamento de seu último disco, Nothing But The Beat, com o single “Just One Last Time”. Com todo o hype vindo da participação com Guetta, Tom e Alexander já começaram a produzir material para seu primeiro disco, o que culminou na primeiríssima faixa original dos suecos, a deliciosa “Shadow of The Sun”.

Mas se você acha que a canção é um batidão pronto para invadir os maiores festivais de música eletrônica, bem, você não está completamente correto. A canção é uma produção softdance super delicada, em que os vocais se unem à uma melodia tranquila e ao mesmo tempo envolvente que cresce no decorrer da faixa. Seguindo um estilo semelhante ao HURTS no início, a faixa começa de uma forma quase acústica e com bastante sutileza, passando longe das estruturas convencionais do pop, só para se revelar, durante os minutos finais, um eletrônico progressivo que não fica longe dos trabalhos de outros suecos como Avicii e Nervo. Dado a mistura inusitada, que brinca com o experimental e o radiofônico na mesma proporção, em nada me surpreenderia se o novo duo se transformasse em uma das descobertas eletrônicas mais originais de 2013, comprovando, mais uma vez, a genialidade dos suecos.

Taped Rai – Shadow of The Sun