Archives For The Good Natured

Chegou a hora de você conhecer a sua mais nova obsessão britânica, o The Good Natured. A banda passou despercebida pelo meu radar em Outubro de 2010, quando deixei escapar seu primeiro clipe, mas felizmente retornou essa semana com um contrato em mãos com a Parlaphone Records (Gorillaz, Bat For Lashes, LCD Soundsystem), e um novíssimo single. E que arrependimento. Não de escutá-los, mas sim de não ter postado sobre eles antes. Para começar, conheça Sarah McIntosh, uma londrina de apenas 20 anos que de cara já parece com Romy, a vocalista do The XX. Seu tom sombrio, entretanto, não fica só no visual. Mas ao contrário do minimalismo da última banda, Sarah parece encorporar tudo o que há mais de moderno na música pop atual, adicionando à formula um toque sombrio e gótico, assim como o Nika+Rory, que você certamente conheceu nesse post aqui.

Sobre suas músicas, o primeiro passo para se tornar fã da cantora é “Be My Animal”, a dita cuja que deixei passar ano passado. A faixa, que já fez parte da coletânea da Kitsuné em Julho passado, começa com xilofones à-la La Roux que logo dão espaço para sintetizadores e guitarras, e é claro, um belíssimo refrão que promete te encantar logo de primeira e já preparar o terreno para as faixas que seguem. Embora ela possa soar um tanto quanto alegre, basta olhar para sua letra, onde Sarah implora para que “você a mate agora”, que a história muda completamente. Se tem uma música que pode fazê-la se tornar grande, mesmo no mercado norte-americano, é essa. Se até hoje “Dog Days Are Over” é novidade pra muita gente, quem sabe “Be My Animal” não vire o próximo grande hit exportado de 2012? Ouça e se familiarize logo com a cantora aqui em baixo.

The Good Natured – Be My Animal

E se a entrada foi muito curta e fácil de digerir pra você, seja bem vindo agora ao prato principal. O novíssimo single a sair da cantora, “Wolves”, foi produzido pelo Patrik Berger (de “Dancing On My Own”, da Robyn), e traz consigo um ar mais gótico e menos alegre que o single inicial. Com um começo que lembra uma mistura de Crystal Castles e Ladyhawke, a faixa logo se transforma em um pop feroz, que certamente vai acelerar seu batimento. Com uma letra sombria, a cantora conta se vê dançando ao redor de fogueiras e uivando para a lua, sobre um refrão ridiculamente viciante onde ela implora que os “lobos a levem de volta para casa”. Ouça logo abaixo:

The Good Natured – Wolves

As duas músicas fazem parte do EP recém lançado da cantora, o Be My Animal EP, que já saiu com o selo da Parlaphone Records. Resta agora aguardar um álbum oficial e conter a ansiedade.