Archives For The Time

379811_635849376431467_971796679_n

Janelle Monáe dispensa apresentações. Se você nunca ouviu a dramática “Cold War ou a deliciosa “Tightrope”, com toda certeza conhece a voz da cantora pela sua participação num dos maiores hits de 2012, “We Are Young”, do fun.. Desde 2010 sem disponibilizar material inédito, quando lançou The ArchAndroid, a cantora começou a liberar nos últimos meses as primeiras informações sobre seu novo disco, através de apresentações ao vivo e entrevistas para revistas e sites. Abrindo o cronograma de divulgação desse segundo material de inéditas, The Electric Lady, Janelle escolheu como single a faixa “Q.U.E.E.N.”, com participação de Erykah Badu, uma das maiores divas da soul music atual.

Apostando em versos quase falados, guitarras que parecem sair direto dos discos do Prince e The Time, e sintetizadores muito bem posicionados que garantem uma aura funky à produção, a adição de batidas graves, entretanto, faz com que a canção se distancie do pop setentista do The ArchAndroid a favor de uma nova sonoridade que utiliza dos mesmos elementos retrôs para soar completamente diferente. Como carro chefe de um álbum, “Q.U.E.E.N.” não causa o mesmo impacto que os singles citados anteriormente, mas não deixa de ser um trabalho honesto de Janelle, que tenta ser fiél ao seu estilo musical (vide a finalização fantástica, que carrega a mesma energia que os trabalhos anteriores) mesmo apostando em uma produção bem diferente desta vez.

Janelle Monáe – Q.U.E.E.N. (feat. Erykah Badu)

Menos soul, mais pop, porém sempre ligada ao R&B, Janelle Monáe retorna ao cenário musical dando aos fãs algo novo que, apesar de não ser o esperado, sem dúvidas deixa expectativas e curiosidades em relação a sua nova aventura. O novo disco, The Electric Lady, até então não possui data de lançamento.

Os The Black Eyed Peas, depois de uma passagem pelo Brasil, não parecem parar para descansar. Que os caras já estavam trabalhando no próximo álbum, o The Beginning, todo mundo já sabia, mas que ele sairia tão cedo não. Pois bem, vaza hoje o primeiro single do novo álbum do grupo, “The Time (The Dirty Bit)”. A música parece estar na forma de um remix, mas infelizmente é a versão original. O refrão encantador todos já devem conhecer: trata-se de uma regravação de “Time of My Life”, música chave do filme Dirty Dancing de 1987, que ganha um refrão cheio de batidas trance já conhecidas para quem ouviu o álbum anterior do grupo. Até aí nada mal, mas o “Dirty Bit” do título, é a parte chata. Quando Will.I.Am clama pelo “pedaço sujo”, uma leva de batidas trance que parecem ter saídos de um remix do David Guetta invade a música, e o que deve soar legal nos clubes ou num futuro remix, certamente não soa legal numa versão original. Ouçam a música abaixo, que deve ser hit nos rádios, e esperem por The Beginning para o começo do ano que vem.

♫ The Black Eyed Peas – The Time (The Dirty Bit)