Archives For The Weeknd

the_weeknd_650

Após alcançar o público mainstream e finalmente tornar seu nome conhecido no mundo todo, The Weeknd entrega mais um single do aguardado segundo álbum de estúdio (tirando a compilação Trilogy formado por suas três mixtapes). “The Hills” traz um apelo muito mais pop do que os trabalhos anteriores e, ainda assim, se mantém fiel ao R&B que o consagrou como um dos precursores dessa nova leva de artistas. No vídeo da faixa, dirigido por Grant Singer, Ariel (seu nome de batismo) caminha pelas ruas após um acidente de carro. Enquanto interpreta a música coberto de sangue, parece confuso enquanto segue atrás de algo. Mais comercial e mantendo a linha que mistura de maneira tênue o sombrio com o apelo sensual, “The Hills” mostra o quão acessível esse novo disco será.

.

Depois de uma relação atribulada, nada melhor do que deixar claro que você não precisa mais do amor de alguém, não é mesmo? Pois o Joel Compass criou “Forgive Me” para expressar tais sentimentos a partir de batidas de R&B capazes de agradar aos apreciadores de Frank Ocean, The Weeknd e até Olly Murs. Depois dos vídeos de “Run” e “Astronaut”, Joel Compass recorreu a Ross McDowell e Bem Murray para a direção do vídeo de seu novo single, que será lançado oficialmente no dia 20 de abril. Inicialmente, vemos o cantor numa posição vulnerável na escuridão, como quando ficamos expostos diante de um pedido de perdão. No entanto, somos surpreendidos quando a letra da música chega à parte em que o artista revela que vai esquecer a pessoa, pois luzes se acendem e exibem músicos ao redor do cantor, deixando o videoclipe mais colorido.

Jaymes-Young-Dark-Star

Jaymes Young é um cantor de Los Angeles que, assim como muitos outros músicos, divulga seu trabalho gratuitamente na internet. Ainda não se sabe muito sobre a voz por trás de Dark Star”, primeiro single de um possível EP a ser lançado por Young, mas na falta de informações sobre o misterioso cantor, tudo o que temos é a incrível faixa com que Jaymes inicia sua carreira.

Dark Star”, assim como o próprio nome sugere, é sombria e carregada por um bass estremecedor, leves sintetizadores, palmas e ecos. Além disso, ainda é possível se ouvir um piano melancólico e guitarras que quase passam desapercebidas quando tocadas em conjunto aos elementos eletrônicos, que formam a produção de aura experimental e ao mesmo tempo synth-pop, trazendo lembranças de artistas como The Weeknd ou até mesmo o The Neighbourhood numa versão pop-dubstep. Os vocais de Jaymes, por mais suaves que sejam, causam o impacto que a batida marcante pede além de transmitirem de forma ideal a mensagem da letra, que conta a personalidade da pessoa do título, a estrela negra.

Jaymes Young – Dark Star

Recentemente, Jaymes também divulgou a faixa “Wondering” em sua conta no Soundcloud. Esperamos que seu EP ou álbum de estreia seja lançado em breve, visto que o jovem cantor tem futuro e consegue nos provar isso logo em seu primeiro single.

TRULS-600x401

O amor pelo R&B e o rap levaram Truls Heggero, frontman da banda de indie rock Lukestar, a criar o seu projeto paralelo, o Truls. Em busca de algo diferente do costumeiro e jogando o indie rock para o alto, o norueguês já enche os olhos dos críticos com o seu primeiro single, “Out Of Yourself”. Na Noruega, Truls está na lista dos “artistas para ficar de olho” em 2013, atenção conquistada principalmente devido ao elevado número de vendas alcançado. Mas o sucesso inicial do single vai além da sua terra natal e deve render shows por boa parte da Europa, como, por exemplo, no festival inglês Ja Ja Ja. Respeitado em seu país quando o assunto é indie rock, o artista aparentemente alcançou, fazendo música eletrônica, o que parecia impossível: agradar seus fãs ainda mais.

Recentemente, o cantor afirmou em entrevista que é influenciado musicalmente pelo The Weeknd e pelo Rick Ross, além da música urbana americana e inglesa, mas seu primeiro single, “Out Of Yourself” soa como uma tentativa do Passion Pit em fazer um dancehall-electro que, apesar de causar estranheza graças aos vocais estridentes de Truls, logo te conquista com uma batida que não te deixa ficar parado. Para completar a produção, pitadas de R&B, palminhas retrô e guitarras funkies de tirar o fôlego também chamam a atenção, mas é o refrão que ousa ao sair da zona de conforto e que só gruda na cabeça depois de inúmeras audições, coroando a música como um synth-pop original e cheio de vitalidade, que precisa ser ouvido. Com um discurso de dominar o mundo através de sua música, uma voz cativante e uma produção singular, a única coisa que desejamos é que Truls continue o seu caminho e não olhe para o seu passado nunca mais.

Truls – Out Of Yourself

.

A música que S O H N traz é uma mistura deliciosa do eletrônico com o R&B, algo que o How To Dress Well, Miguel, The Weeknd e Frank Ocean vêm fazendo recentemente. Seu novo single, “Bloodflows”, sucessor de “The Wheel”, nos apresenta um vídeo bastante simples, dirigido pelo italiano Christian Pitschl, e que se resume na atriz Nadja Langer parada em diversos cenários sombrios filmados entre a Alemanha e a Áustria. Essa simplicidade é que traz toda a beleza e intensifica a energia da música, que após a calmaria inicial se transforma em algo mais agitado e correspondido visualmente com explosões de fumaça. O vídeo é uma boa pedida para ficar no repeat e vai te fazer viciar, sem dúvida alguma, nessa produção fantástica.

O single será lançado no dia 12 de junho através da 4AD.

É numa mistura de R&B e música eletrônica que chega o The Weeknd, um duo canadense que parece ser o elo perdido entre o Jamie Woon com o The-Dream, com músicas sexys, grudentas e extremamente atmosféricas. Com samples de hip hop, um baixo impiedoso e uma letra extremante emocional, “Wicked Games” é uma daquelas músicas tão imersivas que parecem te fazer sentir o drama todo através da voz do cantor, que chama tanta atenção como se ele estivesse cantando na sua frente.  Com um crescimento lento e uma melodia rica, a música se espalha por quase 6 minutos de puro prazer, que te recompesam a cada “fucking” cantado por Abel Tesfaye. Embora possuam uma das mais brilhantes canções do ano até então, ela está sendo distribuída de graça junto ao download da primeira mixtape dos caras, House of Balloons, com nove faixas do mesmo estilo, que pode ser baixado aqui. Aperte o play, mas não se esqueça de baixar a recém-lançada coletânea também, que nos deixa ansiosos para um debut.

The Weeknd – Wicked Games